terça-feira, 27 de janeiro de 2009

JIZZ IN MY PANTS - vídeoclip

Este vídeo é do grupo Lonely Island, o mesmo que fez aquele outro vídeo das Pessoas levando Porrada antes de Comerem.
E neste tem a participação do Justin Timberlake como faxineiro do mercadinho.
Ah, o vídeo é desaconselhável para menores de 15 anos.
E por algum motivo absurdo, o You Tube tirou do ar as versões legendadas.





Coluna nova no site da Capricho.

Post novo no blog da Capricho.

sábado, 24 de janeiro de 2009

CAPRICHO 950

Cuidado com o Jota Quest!

Apesar dos esforços da sociedade e da polícia, as drogas continuam rolando soltas por aí. Descubra aqui as velhas e novas drogas que estão...


(DES) FAZENDO A SUA CABEÇA!

Programas de Fofocas
A primeira vez você vai na curiosidade, mas logo a curiosidade vai aumentando, aumentando e quando você percebe, fica querendo saber até quem é o último namoradinho da Sasha na escolinha.


Jota Quest
Suas amigas te levam para um show e um cara surge no palco oferecendo melodias suaves e letras fáceis para todo mundo cantar junto. A droga desse traficante costuma afetar as cordas vocais dos usuários, que por sua vez, acabam irritando os tímpanos das pessoas que acham que nem todo mundo precisa cantar junto.


Meninos trogloditas nas baladas
Os seguranças fazem vista grossa, algumas meninas aceitam e logo essa droga se espalha e até quem não quer, tem que provar.


Namorado galinha
Ninguém quer provar, mas quase todas acabam provando, já que essa droga costuma vir disfarçada em embalagens bonitinhas.


Virar top model
A pessoa que embarca nessa viagem costuma perder muito peso e a noção de beleza, que passa a ser apenas uma: 1,80 m e 50 Kg.


Moda
Droga extremamente disseminada. Caso seja uma viciada, use somente acessórios descartáveis.


Garoto feio apaixonado por você
Todo mundo sabe que é uma droga, mas as autoridades não podem fazer nada. Quando ele se oferecer, diga não à droga!


Colunistas metidos a engraçadinhos
Ler colunas de humor redigidas por escritores frustrados acaba por deixar as leitoras sem discernimento para saber se um texto é bom ou ruim. A viciada nesse tipo de coluna costuma rir desvairadamente que nem louca.

Jerri Dias é viciado em avacalhar o Jota Quest.

E você está escutando a trilha sonora de O SENHOR DOS ANÉIS, de Howard Shore, um de meus compositores prediletos. Lá embaixo você pode assistir um clip com belíssimas fotos do filme.


E tem post novo no blog da Capricho.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

PÉ NA PORTA – EPISÓDIO 5 – A HORA DO PESADELO – Minissérie

No último episódio, Giovana de Figueiredo, Eduardo Sandagorda e Marcos Verza protagonizam revelações dignas de uma novela marciana!

Continuando...

As filmagens começaram tranquilas, sempre com aquele frio na barriga de “será que eu dou conta?” Eu estava confiante de que sim, mas a Lei de Murphy está sempre presente e à medida que as filmagens progrediam, problemas técnicos apareciam e desapareciam, alguns rapidamente, outros nem tanto, o que acabou gerando um atraso bem grande no nosso cronograma de filmagem já no 5º dia dos 17 previstos pra gravar toda a minissérie.

O Cronograma de Filmagem, basicamente, é uma lista de todas as tomadas que temos que fazer durante o dia pra que a minissérie fique pronta dentro do prazo previsto, pois cada dia extra, são milhares de reais a mais que se gastam.

Lá pelo meio das filmagens, já estávamos com 2 dias de atraso e uma reunião foi convocada pela RBS TV onde se decidiu que os roteiros deveriam ser retrabalhados para cortar e diminuir cenas para que as filmagens acabassem no prazo.

E isso, era uma coisa, que eu, mais do que os outros, deveria ter notado quando o primeiro roteiro ficou pronto: eles estavam grandes demais. Pra encaixarem certinhos em 15 minutos, todos os 5 roteiros deveriam ter, entre 13 e 15 páginas, mas todos tinham entre 16 e 18 páginas. E em se tratando de roteiro, cada página equivale a um minuto na tela, ou seja, nós estávamos gravando vários minutos de filme além do que precisávamos ou poderíamos exibir.

Claro que é normal gravar horas de filmes e usar poucos minutos, mas o problema é que estávamos realmente gravando cenas longas demais ou mesmo cenas que não teriam como entrar dentro do programa e normalmente, cada minuto na telinha nos tomava 3 horas de trabalho, foram 45 horas de gravação dedicadas à cenas que não entrariam de jeito nenhum no programa.

E isso poderia ter sido resolvido muito antes das gravações se eu simplesmente tivesse dito “Ei, esse roteiros estão muito grandes, vamos deixá-los com 14, 15 páginas e nem uma palavra a mais.” Se eu tivesse dito isso, a gente simplesmente teria ganho 3 dias de filmagem e tudo teria ido à mil maravilhas. Mas eu não disse e aí, as filmagens alternaram momentos de tensão e diversão e ansiedade o tempo inteiro. E nem eu e nem parte de minha equipe pudemos fazer tudo o que a minissérie merecia, mas enfim, ás vezes até grandes diretores de Hollywood ficam frustrados, então, o lance é aprender com os erros e acertos e tentar acertar mais da próxima vez.

Já a edição foi bem mais tranqüila, apesar de ultra-demorada por causa dos inúmeros efeitos visuais e sonoros que a série exigia. O primeiro demorou três semanas pra ser finalizado, mas depois a gente engrenou e os outros foram mais rápidos e (quase) todos gostaram bastante do resultado final, inclusive eu, que modéstia à parte, sabia que iria ficar acima da média em termos de entretenimento.

E se você curtiu a série e quer saber mais sobre os atores, os roteiristas, ver fotos, entrevistas e até uns videos extras, clique PÉ NA PORTA.

Obrigado por assistir.

E enquanto você espera o episódio carregar, você pode curtir o clip do The Cramberries (1989 -2003), uma das minhas bandas preferidas de rock alternativo, que está sendo exibido aqui no rodapé deste blog ou então ler minha última coluna e meu último post no site da Capricho.

Boa sessão.

Coluna.


Blog.



PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 5 - A HORA DO PESADELO from Jerri Dias on Vimeo.



Clique no asterisco para assistir em tela cheia.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

CAPRICHO 949


A Supergirl de Smallville, Laura Van Der Voort.

Mais do que nunca, os superpoderes estão na moda. Mas, afinal, qual sua utilização prática no dia-à-dia? Descubra aqui, com os....


SEIS SUPERPODERES PODEROSOS!

VÔO
Superpoder básico. Excelente para não chegar atrasada na aula, no encontro com o namorado, além de poder viajar para qualquer lugar a qualquer hora, só lembrando que voar de saia curta vai deixar todo mundo ver sua calcinha na hora do pouso.

SUPERVELOCIDADE

Você vai acabar com todas as suas tarefas de aula antes mesmo da professora pedir; quando seus amigos estiverem indo para a balada, você já terá passado por todas. O chato é que agora você é que vai encher o saco de esperar seu namorado se arrumar para sair contigo.


INVISIBLIDADE

Dá pra sguir namorado galinha; descobrir as maiores fofocas que deixam de te contar. Mas pode ir esquecendo do prazer de ficar horas se vestindo e se maquiando na frente do espelho.

SUPERFORÇA

Dar um chega pra lá naquele valentão do colégio que incomoda o seu irmão é legal; cortar a onda do tchu-tchu e poder sair sozinha e despreocupada à noite também é – mas ter que aturar o apelido de Mulher-Hulk é um saco.


INVULNERABILIDADE

Você vai dar risada fazendo depilação com cera, gargalhar na cadeira do dentista e chorar quando descobrir que roeu as unhas... e as pontas dos dedos!

VISÃO DE RAIOS-X

Colar na prova é a maior moleza; achar aquele brinco perdido na hora de sair também; o ruim é descobrir que o menino que você adora tem o bumbum cheio de espinhas.

Jerri Dias é superfeio.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

PÉ NA PORTA – EPISÓDIO 4 – O SILÊNCIO DOS INOCENTES

Fernanda Petit (Aline) fazendo "cara de nojentinha" junto com seus colegas da minissérie na cozinha improvisada de vestiário.


A seleção de elenco foi um pouco complicada. Testamos dezenas de atores para os papéis da Aline, do Rafael e do Davi. Vários dos atores e atrizes que não pegaram os protagonistas, acabaram fazendo outros papéis.

O Eduardo Sandagorda eu já tinha visto em um curta de um amigo meu e tinha gostado bastante do garoto e ele se encaixava perfeitamente no papel do mini-gênio.
Já o Rafael e a Aline estava bem complicado, pois nos primeiros testes me deparei com o Celso Zanini (que fez o emo Douglas) e a Carolyne Cabral (que faz a patricinha gordinha que fica com Kioshi), que mandaram muito bem no teste. Celso tem uma banda de hardcore, ou seja, já tinha uma atitude rock’n’roll e Carolyne era uma comediante nata. Rimos muito no teste dela.

Mas aí comecei a me questionar se não seria legal reverter um pouco o padrão “Malhação” e apresentar um cara meio magrelo e uma menina gordinha como protagonistas principais e achei que, sendo a série uma comédia, seria bem mais fácil os espectadores comprarem essa idéia. Mas Gilberto Perin, o Diretor Geral, ficou na dúvida e pediu um teste editado com os dois. Fizemos o teste, mas ele não convenceu o Perin e nem a Alice Urbim, Gerente de Produção, que no final, acharam que seria melhor termos rostos no padrão “Malhação”, apesar de que nada foi dito nesse sentido, mas nem precisava.

Então, mais dezenas de testes e os dois protagonistas apareceram. A Fernanda Petit, o próprio Perin deu uma baita força e foi buscar jovens atrizes em peças de teatro. Achou a Fernanda. Ela mandou super bem no teste. E o Rafael Cardoso, foi o último a chegar para o teste e não tinha decorado o texto. Pedimos pra ele voltar no outro dia, com mais calma. E ele mandou super bem também.

Mas ainda assim eu fiquei na dúvida e tentei argumentar com o Perin e a Alice sobre se eles seriam a melhor escolha e decidimos por fazer um teste editado com eles e aí fiquei convencido que sim, eles podiam ser um ótimo casal de protagonistas para a minissérie.

E no final das contas, acredito que o elenco final foi o melhor possível e nossa Produtora de Elenco, Simone Butteli, se matou para conseguir bons atores e atrizes para a produção. E ela conseguiu.

E se algum deles não está tão bom quanto deveria, isso é culpa da minha inexperiência como diretor de atores.

Finaliza no próximo...


PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 4 - O SILÊNCIO DOS INOCENTES from Jerri Dias on Vimeo.

Clique no asterisco para ver em tela cheia.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

CAPRICHO 948

A Britney seguiu os 10 Passos! E você?

Então você está se achando, não é? Inteligente, linda, esperta, os meninos querendo todos sair contigo, as amigas morrendo de inveja. Acabe com isso com os...

10 PASSOS PARA FICAR FEIA, BURRA E CHATA EM 1 DIA

1) Vá dormir às 5:00 da manhã e acorde às 6:30 para ir à aula. Vá sem maquiagem e nada de passar escova (de dentes).

2) Erre todas as perguntas da prova-surpresa de Geografia. Apresente os exercícios de Português com vários erros básicos de ortografia.

3) Durante o intervalo, provoque uma briga com a criançada da 1ª série dando uns cascudos nelas.

4) Quando a professora de matemática mandar você cuspir o chiclete durante a aula, você levanta e cospe ele na mão dela.

5) Almoce com seu ficante e caia de boca naquele cebolão cru.

6) Devolva o casaco lindo que você pegou da sua amiga patricinha customizado com o logo de uma banda de Death Metal.

7) Espalhe no ICQ todas as barbaridades e segredos dos seus amigos.

8) Conteste tudo. Se alguém disser que o dia está lindo, diga que está uma porcaria.

9) Vá no cinema com os poucos amigos que te restaram e fique falando bobagens no celular o tempo inteiro.

10) Na balada, beba até vomitar, faça escândalo e acabe na sarjeta, junto com a mendiga louca do seu bairro, que vai fingir que não te conhece.

Jerri Dias seguiu os 10 passos, mas ninguém notou a diferença.


Post novo lá no blog.

sábado, 3 de janeiro de 2009

PÉ NA PORTA – EPISÓDIO 3 – RITMO QUENTE


A casa dos protagonistas de PÉ NA PORTA durante a pré-produção. De pé: o diretor de produção Beto Picasso e a assistente de direção Valentina Cará. Duas pedras preciosas de profissionalismo e bom humor no set.

Continuando...

Com os roteiros prontos e aprovados, fui conversar com o diretor geral da programação de Especiais da RBS TV, Gilberto Perin. Claro que ele já sabia que eu iria pedir para dirigir os episódios, ou pelo menos, dividir a direção com outro diretor (prática comum na RBS TV). Mas aí ele me surpreendeu quando disse que eu poderia assumir a série toda! Fiquei extremamente feliz com isso, pois dirigir uma minissérie cômica que abordasse diversos gêneros e referências sempre foi um dos meus projetos e o esforço e resultado final seriam equivalentes a realizar um longa-metragem. E há muito tempo eu queria me testar num desafio destes.

E realmente, foi desafiador.

No total, tivemos uma pré-produção que foi uma corrida maluca de 5 semanas, 17 dias insanos de gravação e 8 cansativas semanas de pós-produção!
E eu faria tudo de novo!
E por isto sou muito grato ao Perin por ter me dado esta oportunidade de colocar minhas capacidades à prova.

Continua no próximo episódio.

E enquanto carrega, curta no rodapé do blog o vídeo-slide da estupenda e densa trilha sonora de BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS, criada pelos inspiradíssimos Hans Zimmer e James Newton Howard.
Ou visite o blog da Capricho pra ler o último post.



PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 3 - RITMO QUENTE from Jerri Dias on Vimeo.


Clique no asterisco para ver em tela cheia.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

CAPRICHO 947

Como é que a Batgirl iria explicar para o namorado que ela tem que sair todas as noites para espancar criminosos?

Sem namorado? Grande coisa. Pior com. Descubra porquê nos...

10 MOTIVOS PARA NÃO TER NAMORADO

1. Namorado não lê CAPRICHO e, portanto, não tem assunto para conversar contigo.

2. Alguns namorados são tão ciumentos que tem ciúmes até da atenção que você dispensa para seus ex-ficantes.


3. Namorado não saca nada de moda. Para ele, segunda pele é casca de ferida.


4. Se você rastrear seu namorado na internet, vai descobrir as maiores barbaridades sobre ele.


5. Se ele é liberal e te deixa ir na balada sozinha, é porquê ele já tem uma outra balada para ir.


6. Se ele vai junto na balada, não tira os olhos das outras meninas.


7. Se ele te dá um mimo e não é seu aniversário ou qualquer outra data comemorativa, é porquê ele aprontou alguma.


8. Namorado arrota, cospe, enfia o dedo no nariz e peida. Na sua frente!


9. Namorado fica policiando, querendo saber onde você foi, quando, como e porquê você não convidou ele.


10. No fim, ele acaba te traindo e tudo acaba, até você achar outro namorado e repetir o ciclo.


Jerri Dias nunca teve namorado, só namorada.