quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 2 - QUE DROGA DE VIDA


Eu e o excelente cameraman André Maciel ensaiando a tomada "vídeo-game" sendo observados por Kioshi (Lindon Shimizu).

Continuando....

Desenvolvemos então, o arco da minissérie, que consistia em 5 roteiros onde seriam abordados com bom humor temas como afirmação da identidade, drogas, desafio à autoridade, sexo, responsabilidade e liberdade.

Mas aí, por algum motivo desconhecido, o diretor geral pediu para que as 5 histórias se tornassem 4 roteiros. Nesse momento, a gente ficou meio sem chão, porque tínhamos tudo esquematizado e redondinho pra funcionar em 5 episódios de 15 minutos cada e agora teríamso que cortar praticamente um episódio inteiro. O problema era que não dava pra simplesmente cortar um episódio inteiro sem arruinar tudo. O que nós tínhamos que fazer era cortar cenas inteiras e também diminuir várias outras pra poder encaixar a história toda em 4 roteiros.

Conseguimos, mas uma semana ou duas depois que os 4 roteiros estavam prontos e aprovados, o diretor geral gostou do resultado e nos pediu o 5º roteiro. Mas como já tínhamos toda uma história redonda encaixada nos 4 roteiros, teríamos que criar um 5º roteiro do nada. Depois de muito quebrar a cabeça e gerar um certo conflito entre os roteiristas, escrevemos o roteiro à 4 mãos, e esse 5º roteiro se tornaria o 4° episódio.

Mais sobre os bastidores no próximo episódio.

E enquanto você espera o episódio carregar, você pode curtir o divertido clip do ABBA que está sendo exibido aqui no rodapé deste blog ou então ler meu último post no site da Capricho.

Ah, e este é meu 100º post!

Rumo ao 200°...




PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 2 - QUE DROGA DE VIDA from Jerri Dias on Vimeo.

Clique no asterisco para ver em tela cheia.

domingo, 21 de dezembro de 2008

CAPRICHO 946


Você já pensou como seria se os personagens atuais de Malhação fossem fixos e envelhecessem como os mortais comuns? Não! Então descubra acompanhando a temporada de...

MALHAÇÃO 2034 - CAPÍTULO 9.599

O diretor Cabeção do ex-Múltipla Escolha, agora Ultranet College, está super-nervoso com a organização para receber a visita da nova Presidente da República, se tranca no armário do faxineiro. A secretária tem que chamar sua esposa, Myuki, para convencê-lo a sair de lá.

Natasha, a única vagabanda que sobrou, passa o som no clube do Ultranet. Uma veterana do rock’n’roll, ela fez sucesso nos primeiros anos de 2020, mas hoje está decadente e alcoólatra.

TDB virou professor no Ultranet e hoje está gordo e careca e seu apelido é TDR (Tudo de Ruim).


Drica virou uma artista plástica famosa e pintou um grande mural no Ultranet em homenagem à sua adolescência. O mural hoje está todo pichado por alunos vândalos.


A patricinha Vivi abriu uma clínica de próteses para peruas e anda nas colunas sociais com o corpo todo turbinado, repuxado, costurado, inflado e botoxado.

Letícia agora é Presidente do Brasil, tendo sido a primeira mulher eleita para esse cargo no país. Ela vai fazer uma palestra para os estudantes no Ultranet Enquanto isso, seu irmão Cadu, que virou traficante de drogas, atende seus clientes em frente ao Ultranet College, alheio a visita da comitiva da irmã política.

Na sede do partido de oposição, Gustavo, inimigo político declarado de Letícia, pretende fazer um comício surpresa em frente ao Ultranet College, expondo o irmão traficante da presidente Letícia.

Para saber o que acontecerá, aguarde o capítulo 9.600.

Jerri Dias grava todos os episódios de Malhação.


Nesta semana, o 2° episódio de PÉ NA PORTA!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 1 - UM DIA A CASA CAI - minissérie

A louca família de PÉ NA PORTA:
Fernanda Petit, Marcos Verza, Eduardo Sandagorda (menino), Giovana de Figueiredo e Rafael Cardoso.



A minissérie PÉ NA PORTA foi uma iniciativa da RBS TV para trazer uma audiência mais jovem para o horário do meio-dia através de um programa moderno no qual a galera pudesse se identificar ou, no mínimo, identificar pessoas e situações típicas de sua geração. Para isso, convidaram os(as) roteiristas Grace Luzzi, Felipe Longhi, Marcos Piangers, Solon Brochado, Davi de Oliveira e eu para criar o conceito da série, personagens, etc.

Depois de muitas reuniões regadas a salgadinhos, cerveja e coca-cola (porque eu não bebo cerveja), conseguimos chegar a algo que agradou razoavelmente a todos. Uma série inspirada nas coisas que gostávamos de ver em outras séries, em filmes, em quadrinhos e em livros. Ou seja, zoação total e irrestrita. O projeto foi então apresentado ao pessoal da RBS TV e milagrosamente aprovado. Caso não fosse, nós tínhamos um segundo na manga, mais sério e pé no chão para apresentar.

Mas não foi o caso e a partir daí, recomeçaram as reuniões para trabalhar os roteiros completamente loucos dos 5 episódios com 15 minutos de duração cada.

Eu conto mais no post do 2º episódio, que será em breve.

Ah, sim, eu dirigi a minissérie.

E enquanto você espera o episódio carregar, você pode curtir o clip do Rammstein que está sendo exibido aqui no rodapé deste blog ou então ler minha última coluna e meu último post no site da Capricho.

Boa sessão.


PÉ NA PORTA - EPISÓDIO 1 - UM DIA A CASA CAI from Jerri Dias on Vimeo.

Clique no asterisco no painel de controle para ver em tela cheia.

domingo, 14 de dezembro de 2008

CAPRICHO 945

Rocketeer, de Joe Johnston (1991).

Depois de conversar com cientistas, futurólogos e pais-de-santo, descobri...

10 COISAS QUE VÃO BOMBAR NO FUTURO!

1. Piercing no olho! Não se preocupe, não vai doer nada, pois seus olhos terão sido substituídos por similares biônicos.

2. Celular com teletransporte! No futuro, as pessoas preferir estar mais próximas e quando você ligar para seu namorado, seu celular imediatamente te teletransportará para onde ele estiver.

3. Implante vocal com MP3! Você vai bombar nos encontros com a turma, quando eles te pedirem para cantar aquelas velhas músicas da falecida Britney Spears.

4. Vestidos camaleônicos! O vestido troca de cor dependendo do ambiente em que você se encontra. Item de primeira necessidade!

5. Coleira Elétrica para namorados galinha! Disfarçado de correntinha, essa coleira é programada para dar choques leves sempre que seu namorado olhar para a perua do lado.

6. Namorado de aluguel! Empresas finalmente vão tornar esse serviço acessível para as garotas. Vão existir planos de Verão, Inverno e até pro ano todo. Altamente indicado para BVs!

7. Celebridade Instantânea! Você não precisa ter talento algum! É só pagar uma quantia exorbitante que uma rede de tv fará um documentário sobre sua vida e transmitirá para todo o país. Prepare-se para uma vida de glamour e fofocas!

8. Pílulas de emagrecimento ultra-rápido! A cada uma, você perde 1 kg por hora, mesmo comendo sem parar. Acompanha cartela grátis de pílula anti-estrias e anti-flacidez!

9. Educação integral pela ultranet! Ensino Fundamental, Médio, Faculdade, Mestrado e Doutorado. Tudo pela ultranet. E depois você ainda vai trabalhar pela rede. Da infância à velhice, você nunca mais vai precisar sair de casa!

10. Perfume de Feromônios! É tiro e queda! Com perfume de feromônios, nenhum garoto vai resistir ao teu charme e encanto, mesmo que você não possua nenhum charme e encanto.

Jerri Dias queimou os fundilhos com o protótipo da mochila-foguete.


Dica de filme: Rocketeer, que ilustra este post, é um filme de aventura bem divertido. Fime super-pipoca! Não se engane se você acha que já viu na Sessão da Tarde. Todos os filmes que passam nesse horário tem, pelo menos, 30 minutos cortados fora pela Globo para encaixarem entre o programa da Angélica e Malhação.

E se você curtiu a música da banda Rammstein que toca aqui no blog atualmente, checa o vídeoclip que está passando ali no rodapé do blog.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

CAPRICHO 944

Homer Simpson, de Matt Groening

Angustiada? Desesperada? A Vida e nem o Paiva Netto te dão as respostas que você precisa? Fique de bem com o Universo com os...

ENSINAMENTOS DO MESTRE ZEN NOSAO

“Se seu cabeleireiro se entusiasmou demais e lhe deixou ZEN cabelo, aprecie a dádiva do vento fresco na careca.”

“Quando receber uma cantada ZEN-vergonha na rua, medite sobre a falta de respeito entre as pessoas e dê um chute bem dado no meio das pernas do idiota.”


“Seu cachorro fez uma carnificina no seu ursinho de pelúcia favorito? ZEN Stress. Sacrifique seu animalzinho e empalhe-o com a espuma de seu ursinho. Desse modo, você rompe o karma ruim que perseguiria seu totó na encarnação seguinte.”

“Ficar de dieta não é ruim. Ruim é ficar ZEN poder comer um BigMac.”

“Para atingir o coração do ente desejado na balada, exercite o chakra da ZENsualidade.”

“Ter uma amiga ZEN noção a tiracolo é sinal de que você fez bobagem na encarnação passada.”


“A primavera chega, os pombos arrulham e você aí, ZEN namorado.”


“O pecado do excesso é cometido por aquelas que, com o guarda-roupa cheio, lamentam que estão ZEN o que vestir, só para não repetir o modelito”


“Para se tornar um ser humano ZENsacional, entre para o Big Brother e depois apareça no programa do Faustão, onde será aclamada por todos, mesmo tendo protagonizado nada mais do que baixarias em rede nacional.”

Jerri Dias está ZEN idéias.


10.000 VISITAS!

Sim, se você olhar lá embaixo vai ver que hoje, neste dia glorioso e abençoado pelos deuses, este blog ultrapassou a marca de 10.000 visitas! Acho que posso falar sem falsa humildade que até tá bom para um blog com 10 meses de vida e menos de 100 posts, mas nada disso teria sido possível sem vocês, minhas caras e queridas leitoras e leitores. Agora é arregaçar as mangas pra garantir as próximas 10.000!

Volte sempre!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

CINEMA DE GRAÇA EM PORTO ALEGRE - MOSTRA APTC DE 9 À 21 DE DEZEMBRO


Post extraordinário! Pra quem mora em Porto Alegre e arredores e curte cinema nacional e gaúcho, a APTC - RS (Associação dos Profisionais e Técnicos de Cinema do RS) está exibindo sua mostra anual de todos os curtas e longas-metragens gaúchos lançados no ano de 2008. Incluindo o AINDA ORANGOTANGOS pra você conferir!

A entrada é franca!


Clique na imagem para ampliá-la e conferir dias e horários!


Eu já tô lá!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

AINDA ORANGOTANGOS (Brasil, 2008) – Crítica


Baseado em contos do escritor gaúcho Paulo Scott, esse é o primeiro longa-metragem de Gustavo Spolidoro, que junto com Gibran Dipp, assina o roteiro.

O filme é um esforçado plano seqüência que atravessa pedaços da vida de personagens tristes, patéticos, loucos, abandonados, drogados e sobretudo apaixonados. A se guiar pelo título, o filme busca mostrar o comportamento ainda simiesco da fauna urbana. Não é difícil se ver retratado no filme, ou no mínimo, reconhecer amigos e amigas em suas fases loucas e boêmias.

Karina Kazuê e Lindon Shimizu



Se você curte isso tudo, provavelmente vai gostar de AINDA ORANGOTANGOS, já, se você é meio careta como eu, talvez não goste tanto. Como já disse, o plano-seqüência é o grande trunfo do filme, e também seu calcanhar de Aquiles. Ao primar pela linguagem, o diretor sacrifica o roteiro, que poderia ter sido melhor dilapidado na redução de algumas cenas (como a do casal que toma um porre de perfume) e também não dá chance aos vários atores de renderem o que poderiam através do benefício da edição. Como o filme foi escolhido pelo take único que melhor se adequava a linguagem proposta por Spolidoro, o que se vê são atores que calharam de estar bem naquele determinado take contra outros que não estavam tão bem e outros que simplesmente estavam ruins. Isso fica muito evidente na interpretação do garoto Kayode da Silva, cuja interpretação só poderia ter sido salva na sala de edição. Com atores irregulares, o jogo de cena fica comprometido e muitos diálogos soam artificiais, comprometendo o filme no geral. E a evidente simpatia que o diretor parece ter por seus personagens e suas situações acaba por aliviar a crítica ou deboche que poderia ter sido retratar tão rica fauna.

Renata de Lélis e Nilsson Asp



E tem a pergunta que não quer calar: porque rodar esse filme específico em plano-seqüência? O roteiro não parecia exigir nada disso. A resposta parece simples pra quem conhece a trajetória de Spolidoro: o diretor é conhecido e reconhecido por dois curtas-metragens. A saber, VELINHAS e OUTROS, ambos rodados em plano-seqüência. Morta a charada, nota-se um grande interesse do diretor em estética e linguagem, o que o levou a usar isso também em sue primeiro longa-metragem. Em termos de maketing, deu certo. AINDA ORANGOTANGOS é o primeiro longa em plano-seqüência feito no Brasil e um dos poucos realizados no mundo. Isso apenas, independente do filme ser bom ou ruim, já garante lugar em muitos festivais nacionais e ao redor do mundo, sem falar no interesse da mídia, que em sua grande maioria, parece estar gostando bastante do filme. E para o cinema brasileiro, propaganda nunca é demais.

Kayode da Silva (menino) e Marcelo de Paula



Mas confesso que eu esperava mais maturidade do diretor em relação ao roteiro e aos personagens, que muito pouco evoluiram em relação aos curtas citados. Espero que Spolidoro busque um maior equilíbrio entre roteiro, linguagem e atores em seu próximo longa.

Mas para não dizer que não gostei de nada, a última seqüência é uma divertida e anárquica invasão de um baile evangélico por um rapaz apaixonado pela debutante. A seqüência tem poucos diálogos e o pouco que é dito me pareceu mais humano, verdadeiro e patético. Como numa boa peça de Nelson Rodrigues.





Trailer do filme

E pra quem curte rock nacional, o site disponibiliza todas as canções da trilha sonora no link:



E meu amigo e compositor Yanto Laitano, que compôs ótimas trilhas sonoras para meus curtas, também comparece com a canção “Meu Amor”, que é bem bacana e engraçadinha e que logo, logo vai ter um vídeo clip. Pra conhecer mais músicas e vídeos do Yanto, clique no link:



segunda-feira, 3 de novembro de 2008

CAPRICHO 943


Quer ser famosa? Veja aqui suas chances de ser uma...

BIG SISTER

1) Você vai ficar nessa casa por algum tempo. Qual sua primeira jogada?

a) Ser querida com todos para não ser indicada para o paredão.
b) Dar o máximo de mim para ser a líder sempre.
c) Namorar o primeiro otário que aparecer para o povinho não querer nos separar.

2) Você se considera uma mulher com muita experiência de vida. Você...

a) Gosta de falar sobre como é experiente e dar lições de vida até o ouvinte cair de sono.
b) Acha todos os outros competidores muito inexperientes e burros.
c) Fica quieta para os outros não descobrirem que você só fala besteira.

3) Você não vai com a cara de uma de suas colegas. Como você lida com isso?

a) Indica sempre para o paredão.
b) Tenta fazer conchavos com os outros para colocá-la sempre no paredão.
c) Arma o maior barraco com ela para a audiência ver como você manda bem.

Mais A

Falsa e chata, você tem tantas chances quanto os outros chatos. Capriche mais na falsidade e pode ser que você consiga tapear os outros até o programa acabar.

Mais B

Arrogante e política da pior espécie, você tem boas chances se conseguir que seus colegas suportem seus monólogos intermináveis sobre a vida.


Mais C

Burra, Barraqueira e Brasileira, você é uma legítima Big Sister do BBB.


Jerri Dias mandou vídeo para o BBB e apareceu entre os mais ridículos.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

ELES ESTÃO LEVANDO OS HOBBITS PARA ISENGARD

Este vídeo clip ultra-simpático e hilário foi feito apenas com criatividade na edição e um teclado. Se você curtiu a trilogia do Senhor dos Anéis, certamente vai gostar dessa brincadeira.

E mais uma coluna inédita no site.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

CAPRICHO 942

Arte de Michael Hoffman

Em mais um furo de reportagem, encontrei o mentor dessa onda de beijos na marra. Está tudo aqui, nesta entrevista que intitulei...

DE VOLTA AO PLANETA DOS MACACOS


Capricho: Para começar, qual o seu nome, o que você faz da vida fora agarrar as meninas?

Beto: Hu-hu...Beto Simius...hu! Sô istudante. Colégio partículá, viu?...hu!


C: E qual é o teu problema, não consegue levar uma menina só no papo?


Beto: Ugh! Claro qui consigu, ugh! Ontem mesmo peguei uma pelu pescoçu... hu-hu-hu!


C: Ouvi dizer que foi você que começou com essa “tática”...


Beto: É... hu! O pessoal qui tá dizendo isso, mas acho que foi mesmo.


C: E de onde você tirou essa idéia?


Beto: Ah, hu... isso eu vi num filme, onde uns carinha pegavam uma mina num barzinho.


C: Eles beijavam ela à força?


Beto: Ugh! Quer dizer, é! E daí eles (censurado) ela! Hu-hu!


C: Mas isso é estupro!


Beto: Isso aí, hu, situpro!


C: Quer dizer que daqui a pouco você pretende começar a abusar sexualmente das meninas?


Beto: Uh... se elas deixarem...hu.


C: Como assim?


Beto: Hu, elas deixam eu beijá, daqui a pocu vão tê qui deixá fazê tudu, hu!


C: Você não acha que seu lugar é no zoológico?


Beto: Hu, eu tô mesmu pensandu in fazê vestiba pra ser médicu de bichu, hu!

Jerri Dias não acredita mais em homo sapiens, só em neandertais.


Ah, post novo lá no blog da Capricho.

sábado, 25 de outubro de 2008

DA MINHA INCAPACIDADE

Arte de Kevin Nowlan

Esse texto foi escrito para a cadeira de Produção Textual quando eu cursei Letras na UFRGS. O tema proposto era sobre um "momento de descoberta que tenha levado algum tempo para se dar conta". Um tema meio cabeludo e um tanto vago e... bem, acabei escrevendo esse texto. Não sei se elé é um texto bacana, mas pelo menos acho que está bem escrito o suficiente para não ser chato. E tem post novo lá no blog da Capricho.

DA MINHA INCAPACIDADE

Quando soube do tema dessa dissertação, achei ok, embora de imediato não conseguisse relembrar de nenhum fato relevante que tenha levado semanas, meses ou anos para compreendê-lo. Ao aproximar-se o prazo de entrega, tentei buscar em meus arquivos mentais, algo que valesse a pena como uma demonstração de amadurecimento ou reconhecimento de minha parte e que meus colegas ouvintes e/ou leitores percebessem isso.

Mas à medida que avançava pelas gavetas ia encontrando somente fatos intímos ou escabrosos demais para contar em uma aula de produção textual. E ainda no primeiro semestre, onde todos mal se conhecem. Se alguns já ficaram nervosos apenas apresentando-se, o que poderia acontecer com essas pessoas tendo que expôr-se mais ainda? É claro que eles e mesmo os que não ficaram nervosos, não o farão. Posso estar enganado, como estou a maior parte do tempo, mas creio que 90% dos meus colegas contarão fatos inofensivos para não se expôrem. É claro, isso não é uma cadeira da psicologia, mas eu tenho essa tendência de crer que se você vai escrever sobre sua vida ou a dos outros e não vai fazer piadinhas sobre isso, você deve tentar um certo aprofundamento.

Conversando com uma colega e mais tarde com outros, percebi que todos, assim como eu, estavam meio confusos sobre o que contar ou mesmo se deveriam contar. Pensei em contar sobre a separação de meus pais que ocorreu quando eu tinha dezessete anos, mas na época eu já achava que isso havia acontecido tarde. Pensei em falar de como percebi que o ciúme pelo meus irmãos havia ocasionado minha bronquite, mas quando isso aconteceu eu era tão pequeno que não saberia nem dizer se eu estava vivo ou morto e tendo sido um processo inconsciente, não serviria para o exercício proposto em aula. Pensei também em outras coisas banais demais para serem citadas e pensei mesmo em criar um falso texto sobre como só compreendi que era diferente dos demais seres humanos quando recebi uma mensagem de meus verdadeiros pais extraterrenos. Mas achei que isso não colaria, por isso decidi escrever sobre a tardia compreensão de que seria incapaz de contar algo psicológicamente relevante como realmente gostaria para a classe do modo como faço com outras pessoas.

Talvez um outro dia...

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

CAPRICHO 941


Êba! É 1º de Abril e você está sem idéias para sacanear os outros? Então anota aí...

AS 10 MELHORES PEÇAS DE 1º DE ABRIL!

1. Seu namorado chega na sua casa e você está na sala com seus pais. Seus pais estão com a maior cara de poucos amigos e você muito triste. Aí você fala que está grávida e seus pais dão a maior pressão nele para casar contigo. Quando ele estiver pronto para se atirar pela janela, vocês gritam 1º de Abril!

2. Falsifique um ingresso da banda favorita da sua amiga que por um acaso vai tocar no dia 1º de abril e dê de presente para ela. Quando ela te ligar dizendo que quase foi presa na entrada do show, grite 1º de Abril!

3. Coloque vários piercings de pressão por todo o rosto e vá para casa. Quando sua mãe acordar do choque, grite 1º de Abril! (Atenção, peça válida apenas para CDFs.)


4. Entre num chat que sua amiga fã de Felipe Dylon freqüente, diga que é o próprio, faça amizade com ela e combine um encontro no shopping. Leve sua turma para gritar 1º de Abril!


5. Convide suas amigas para comer uma torta que você mesmo preparou. Coloque merengue por cima para disfarçar e recheie com berinjela e mostarda. Quando elas estiverem cuspindo tudo de volta no prato, grite 1º de Abril! e saia correndo para não levar torta na cara.


6. Compre um ovo de chocolate oco e injete pimenta daquelas bem ardidas dentro do ovo. Dê de presente para sua amiga. Grite 1º de Abril! quando ela soltar fogo pelo nariz.


7. Fique com outro cara na frente de seu namorado. Grite 1º de Abril! antes que ele parta para cima do seu amigo.


8. Faça uma maquiagem para aparecer toda machucada no colégio e diga para a professora que apanhou dos seus pais. Grite 1º de Abril! quando o Conselho Tutelar aparecer para falar contigo.


9. Diga para seu namorado que neste dia quer perder a virgindade com ele. Quando ele chegar na sua casa, vai descobrir que é aniversário da sua avó e toda a parentada está lá. Grite 1º de Abril! e perca o namorado.


10. Combine com a turma de todos fazerem comentários de que como uma amiga de vocês está gorda. Isto vai deixá-la completamente noiada e depois que vocês a pegarem na farmácia comprando boletas para emagrecer, gritem 1º de Abril!


Jerri Dias diz que esta é sua última coluna. 1º de Abril!!!!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

CALVIN & HAROLD, de Bill Waterson - Quadrinhos


PARA NUNCA DEIXAR DE SER CRIANÇA

Bom, o Calvin dispensa apresentações para a maioria dos mortais, mas mesmo assim, posto aqui o prefácio do primeiro álbum do Calvin. Eu até gostaria de escrever sobre ele, mas não faria um texto melhor do que o de Trudeau.


"Há poucas fontes de humor mais constantes e regulares do que a mente de uma criança. Muitos cartunistas, ao criar personagens infantis, reconhecem isto, mas quando eles se propõem a captar o ativo mundo infantil, quase sempre se enganam, criando vergonhosamente crianças irreconhecíveis, ou seja, espertinhos, miniaturas de adultos. Culpe-se que à negligência ou às recordações distorcidas, a maioria das pessoas que escrevem histórias em quadrinhos para menores demonstram surpreendente pouco tato - ou fé - ao lidarem com esta fonte original de material que é a infância, em toda a sua simplicidade e doçura.



É neste aspecto que Bill Watterson se mostra tão original quanto seus personagens, Calvin e Haroldo. Watterson o escritor que acertou ao captar com precisão a infância como ela realmente é, com suas constantes mudanças no sistema de referências. Qualquer um que tenha passado algum tempo com uma criança, sabe que para elas, a realidade depende profundamente da situação. Um afirmação que um adulto julga ser uma 'mentira', pode muito bem refletir uma profunda convicção da criança, pelo menos no momento em que esta aflora. A fantasia é tão acessível e é vivida com tal força e freqüência, que pais ressentidos como os de Calvin, convencem-se de estarem sendo manipulados, quando a verdade é muito mais assustadora: eles nem mesmo existem. A criança é ao mesmo tempo rainha e guarda do seu reino, e pode mostrar-se muito exigente quanto aos companheiros que escolhe.

Esta exclusividade, é claro, apenas provoca em alguns adultos a tentativa de recobrar os dons da infância para si próprios para, em realidade, tentar recuperar o irrecuperável. Uns poucos desesperados, fazem coisas que posteriormente os levarão à um centro para doentes nervosos.
O restante de nós, mais sensatos, lêem Calvin e Haroldo."

Garry Trudeau


sábado, 4 de outubro de 2008

CAPRICHO 940


Você gosta de Carnaval? Eu odeio! Tá achando que eu sou velho ou maluco ou os dois juntos? Então saca só esses...

DEZ MOTIVOS PARA DETESTAR O CARNAVAL!

1. Você fica tão bêbado que nem lembra que quando chega a Quarta-Feira de Cinzas, não lembra nada do que fez.
2. Você liga a TV e só tem desfile de Escola de Samba, baile de carnaval e notícias sobre o carnaval, fofocas sobre o carnaval ou qualquer outra coisa que acabe com a sílaba val.
3. Você toma banho para ir ao baile e chega lá, um monte de gente suada se roça em você. Sem falar no bodum do local.
4. Você sonha em ser rainha de bateria mas sabe que isso só vai ficar no sonho mesmo.
5. A Ivete Sangalo cantando um novo hit de carnaval.
6. Os camarotes cheios de celebridades bregas, uma mais bebum que a outra.
7. Ninguém trabalha, fica tudo fechado e você não consegue nem pedir uma pizza de madrugada.
8. Você quer sair para uma balada techno e se dá mal, porquê não rola bate-estaca no carnaval.
9. Se você mora perto do local dos desfiles, tem que dar adeus ao sono.
10. Se você é fiel, sua namorada ou namorado sempre dão um jeito de passar o carnaval longe de você para poder ficar com todo mundo.

No carnaval, a namorada do Jerri sempre vai para o Rio de Janeiro visitar a tia doente.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

BEM CAPRICHADO - Blog Convidado

O BEM CAPRICHADO é o blog da Natália Dias, que não é minha parente até onde eu sei e que é uma adolescente como (quase) qualquer outra, pois uma das paixões dela é escrever contos e crônicas auto-biográficas, coisa que ela faz com talento, sensibilidade e bom-humor. Claro que assim como qualquer blogueira ou escritora, tem dias que a inspiração não vêm para ela, mas quando vêm, você lê belos textos... como esse que posto abaixo.
Depois de se emocionar, clique aqui para visitar o blog dela.

Children on the Beach - Mary Cassat, 1884

UMA HISTÓRIA DE AMIZADE...

Eu tinha 5 anos e na minha escolinha perfeita, eu vivia minha vidinha perfeita. Até que ela entrou na escola. No começo achei ela bem metida, mas fui simpatizando... Até que ficamos amigas, muitos amigas, amigas inseparáveis. E mesmo ela sendo um ano mais nova do que eu, nós éramos as melhores amigas do mundo.
Quando soube que eu fazia ballet, ela quis fazer também. E de tanto ela insistir, a mãe dela a colocou no ballet comigo, e como se não bastasse, na natação também. E então, nós fazíamos tudo juntas e quase nunca brigávamos. Entrou uma outra menina na escola e então nos tornamos três inseparáveis, cada dia uma ia na casa da outra, os irmãos também se davam bem, éramos o trio perfeito.
Então, quando eu fiz 7 anos, precisamos mudar de escola. Minha mãe já havia decidido a minha escola, e mesmo que a mãe dela não quisesse, acabou tendo que colocá-la junto comigo, de tanto que ela insistiu. Voltamos a ser só duas, nunca mais vimos a outra. Nossas mães se conheciam, a família dela me adorava e a minha a adorava.
Mas nessa outra escola, nossa amizade se afastou um pouco. Ainda íamos uma na casa da outra, brincávamos depois da aula, mas ela tinha suas amigas e eu as minhas. Então, quando completei 9 anos, precisei mudar de escola de novo e fui para a escola que ela foi para não me separar dela.
Só que nessa outra escola, eu me juntei com o grupo das populares e esnobava ela. Fiquei chateada quando ela arrumou outra menina para chamar de 'melhor amiga', via ela cada vez menos, só de vez em quando...
E aí eu recebi a notícia: Ela ia se mudar. Na hora eu fiquei triste, muito triste, tudo bem que havíamos nos separado um pouco, mas ela estava perto de mim e eu dela. Na semana da véspera da viagem, eu ia na casa dela ou ela vinha na minha todos os dias, trocamos cartinhas de despedidas, nos chamamos de melhores amigas e juramos que "independente de qualquer coisa, uma ia ser SEMPRE a MELHOR amiga da outra".
Pronto, ela se mudou. Eu a visitei nas férias, nós nos divertimos. E eu conheci a amiga dela. Fiquei com um pouco de ciúmes, mas acreditava que nada ia superar nossa amizade. No aniversário dela eu fui pra lá e no meu, ela veio. Trocávamos e-mail, conversávamos por MSN, mas cada vez tínhamos menos assuntos. Daí, já tinham sido 8 anos de amizade.
Eu dei pra ela de aniversário, um colar de melhores amigas, mas ela já tinha outro, de outras meninas, e eu fiquei triste.
Mas, então, ainda estava tudo bem.
Chegaram as outras férias e eu não pude ir até ela nem ela veio pra cá. E minha mãe disse "é, aos poucos a amizade vai acabando, fazer o quê, né.", e eu fiquei muito triste, eu não queria que acabasse, nós éramos melhores amigas...
Mas daí eu percebi, a realidade dela agora era outra. Ela ia ao shopping todos os dias, tinha uma melhor amiga (que NÃO era eu), estudava num colégio super legal. E quando eu contei a ela que tinha menstruado, ela me contou que já tinha menstruado também. É, eu fora tão amiga dela, sem segredo nenhum e ela nem me contou. Depois ela me disse que perdeu o BV, antes de mim.
Era fato: Ela vivia em outra cidade, tinha outra melhor amiga, outros gostos, ela era outra, e a nossa amizade já era passado. Agora nós não nos mandamos depoimentos e não conversamos no MSN quando estamos on-line.
E eu morro de saudades dela, mas visitá-la não adiantaria nada, porque a MINHA AMIGA não existe mais, agora ela é outra pessoa e nem sequer se lembra de mim. Talvez o ano que vem ela me mande um depoimento dizendo "hoje fazemos 9 anos de amizade", mas, pra mim, essa amizade durou só 8 anos e ACABOU, infelizmente...

Pronto, desabafei.
Beijos.


quinta-feira, 18 de setembro de 2008

CAPRICHO 939

Também fiquei preocupado com a pouca quantidade de filmes nacionais para adolescentes
(CAPRICHO 933) e resolvi dar umas sugestões de roteiros. Vamos esperar que...

BREVE, NOS MELHORES CINEMAS!

ESCOLA DE FUNK
Professor funkeiro vai ensinar o Funk em colégio particular no Rio e os pais horrorizam-se quando suas filhas começam a aparecer grávidas após as primeiras aulas.

O ENCANTADOR DE BALEIAS
Paulo não quer saber de compromisso até se apaixonar por uma gordinha. Ele passa a ser zoado pelos colegas e tem que enfrentar o preconceito para ficar com sua amada.

QUERO FICAR COM RODRIGO, MARCELO E ALBERTO
Taíssa está indecisa entre três amores. O problema é que os três são irmãos e ela tem que se desdobrar para ficar com os três sem que ninguém descubra e que ela fique com fama de galinha.

SEXTA-FEIRA MUITO DOIDONA
A mãe de Jessica acha o cigarrinho maldito na bolsa da filha e ingênua, traga umas. Ao chegar em casa, Jessica vê a mãe se comportando como criança e tem que trancar ela no quarto para não passar vergonha na frente dos amigos.

CIDADE DE DEUS É BRASILEIRO
Turma de adolescentes sobe o morro para comprar drogas, se dá mal e são perseguidos por traficantes de 10 anos de idade. No final, Antônio Fagundes aparece para fazer milagre.

UM SHOW DE INVERNO
Turma de amigos vai passar as férias de julho em Gramado. Várias bandas aparecem para marcar presença mas os shows são cancelados por causa do frio intenso. Pra complicar, o pessoal fica gordo de tanto comer fondue de chocolate branco.

Jerri Dias adora filme brasileiro com bastante tiro e explosão no final.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

NOVO BLOG E COLUNAS

Acabando com a concorrência...

Não, esse blog não está acabando, ele continuará até o momento em que eu dominar o mundo, quando então, terei que desviar minha atenção para outras coisas. Mas enquanto esse momento tão aguardado não chega, a CAPRICHO me convidou para escrever mais 2 colunas mensais exclusivas para o site e também um blog onde vou postar 3 vezes na semana, também para o site. O blog vai ser meio parecido com este, mas sem muito texto sério e críticas como posto aqui, mas vai ter muitos vídeos engraçados, piadas, micos, etc.
Pelo que me informaram, o blog e as colunas começam esta semana no site, mas você já pode clicar nos links e favoritá-los que ainda esta semana já deve ter coisa por lá.

Os links:

CAPRICHO - DIVERSÃO

CAPRICHO - BLOGS

Beijo pros mano e abraço pras mina! (momento gay)

sábado, 13 de setembro de 2008

CAPRICHO 938

Kill Bill Vol.1, de Quentin Tarantino.


Da coluna ASSUNTO DE AMIGA (que virou TERAPIA DE GRUPO) surgiu essa paródia que deu origem ao livro...


ASSUNTO DE INIMIGA



MINHA NOVA IRMÃ...

"Minha melhor amiga ficou com meu pai e ele disse que vai levar ela pra Disneylândia. Eu sempre implorei para ele me levar e nada. O que é que eu faço?"


Tá na cara que essa tua “amiga” ficou com o teu velho só para passar bem. Denuncie seu pai por aliciamento de menor e veja ele ir preso. E quanto a sua amiga, pague uns meninos de rua para dar um trato nela.


RADICAL

"Enchi meu rosto de piercings e agora o pessoal lá no colégio ta me chamando de almofadinha de alfinete. Eu fico chateada e choro sempre que chego em casa. Eu só queria ser diferente..."


Pois é, quis ser diferente e se deu mal. Você tem que se ajustar à sociedade e parar de inventar moda que isso não é para o teu bico.


RELIGIOSA

"Meus pais não me deixam mais sair de casa, nem para estudar. E eles só ficam entoando cânticos religiosos esquisitos..."


Olha, pode ser meio prematuro eu dizer isso, mas acho que teus pais entraram para algum culto satânico e pretendem te sacrificar na próxima lua cheia. Aproveite o pouco de vida que lhe resta e não se esqueça de renovar sua assinatura da CAPRICHO.


CONFUSA

"Minha amiga anda fugindo de mim. Eu ligo e a mãe dela diz que ela se mudou para a Europa, mas eu vi ela ontem no shopping."


Você já considerou a hipótese de ter visto uma sósia? Ou então a hipótese de que você é a maior chata e andou aprontando alguma para ela? Te liga, garota!


Jerri Dias é amigo do inimigo de seu inimigo.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

ZARATHUSTRA


Esta graphic novel me veio à mente escutando a trilha sonora de Powaqatsi, de Philip Glass, meu compositor favorito. A música me fez visualizar um homem flutuando nos céus e a partir daí comecei a imaginar as implicações que isso poderia ter. Convidei meu amigo Claudio Marzo pra ilustrar esta HQ de 7 páginas e sem diálogos onde esse homem, agora sem rosto, desencadeava uma revolução religiosa, política e pessoal ao redor do mundo meramente por flutuar nos céus sem fazer absolutamente nada. Na época Bush pai era retratado nesta HQ que ficou bem amadora e nunca foi publicada.

Em 1997, com a história ainda na cabeça, convidei meu amigo Daniel Moraes para ilustrar a história num formato um pouco maior, mas por falta de tempo a coisa não andou.

Em 2001, nova tentativa com Daniel, mas desta vez através do Fumproarte de Porto Alegre, onde poderíamos garantir dinheiro para a publicação e uma remuneração. Acho que entramos no edital 3 vezes e claro, na última ganhamos o financiamento e comecei a pesquisar e a escrever o roteiro enquanto o Daniel ia fazendo alguns estudos de personagens. Começamos a trabalhar os storyboards, ele começou os desenhos e íamos discutindo página à página o processo todo. Como estanmos em 2002, a aparição de Bush pai acabou sendo substítuida por Bush Jr. Como sempre, a História se repete.

Finalmente, em agosto de 2003 lançamos a graphic novel ZARATHUSTRA através da Via Lettera de São Paulo, uma editora bastante conhecida no ramo da HQs.

Esta é uma obra muito importante para mim pois nela pude expor várias opiniões e idéias minhas relativas a religião, política, deus, filosofia, conspirações, etc. Espero um dia poder dar continuidade a essa obra, mas como aqui nesse país virtual tudo é muito incerto, a história foi formatada num arco fechado e você vai concordar que a história pode até acabar ali mesmo.

O nome, claro, veio da obra do filósofo alemão Friedrich W. Nietzsche, ASSIM FALOU ZARATHUSTRA, e não é só porque eu achei o nome bacana.


SINOPSE


Um gigante sem rosto é avistado pairando nos céus da Líbia. Sem se mover e sem realizar contato, a criatura provoca polêmica, controvérsia e revoluções ao redor do mundo.


AMOSTRA


Abaixo, 3 páginas da arte de Daniel Moraes. Infelizmente não possuo amostras com meu texto, mas dá pra ter uma idéia pelas imagens.

Clique para ampliar.






Você pode adquirir esta obra nas livrarias ou pelo link ZARATHUSTRA.


terça-feira, 9 de setembro de 2008

CAPRICHO 937

Shanna, de Frank Cho.

Como bem sabemos, depois da formatura, as mulheres tem que disputar o mercado de trabalho com os homens. Para não cair na arapuca do desemprego depois que se formar, aqui vão umas dicas de...

EMPREGOS POUCO EXPLORADOS PELAS MULHERES

Pedreira
Entre em forma e fique enxuta levantando casas. Ambiente de trabalho cheio de homens sarados. Grandes possibilidades de ascensão se você for contratada para trabalhar num arranha-céu.

Segurança
Conheça celebridades. Viva nas baladas. Todos os meninos vão te respeitar e procurar sua amizade para poder entrar sem pagar.

Modelo Inteligente
Além de ser admirada pela beleza, as pessoas também vão conversar com você sobre os mais variados assuntos e não apenas sobre a cor da maquiagem. Até hoje nunca apareceu uma. Seja a primeira!

Dona de Casa
A genuína está rara no mercado hoje em dia. Dedique sua vida a cozinhar, limpar fogão, lavar roupa e arear panelas. E não esqueça de trocar as fraldas do Júnior. Na aposentadoria, você ganha um netinho para cuidar.

Piloto de Fórmula 1
Esse nunca teve mulher nenhuma, até onde eu sei. Se bem que mulher não sabe dirigir mesmo. Melhor ficar de piloto de vídeo-game.

Vocalista de banda de Heavy Metal
Se você a voz grossa e rouca, essa é sua profissão. Agora, tem que gostar de homem de cabelo comprido com bafo de cerveja.

Caçadora Ilegal de Jacarés
Viagens, aventuras, fuga da Polícia Federal e dos fiscais do IBAMA. Cause inveja em suas amigas com seus sapatos e bolsas de couro de jacaré.

Homem
É, homem. Como a maioria anda desmunhecando por aí, está faltando homem no mercado. Você vai ser mais forte, mais rápida, vai conseguir melhores salários mas vai continuar com medo de sair da casa dos pais, vai pensar em sexo o tempo inteiro e não vai mais entender as mulheres.

Jerri Dias está procurado emprego de humorista.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

ME AGAINST MADONNA - Comédia

Esse é um vídeoclip paródia feito pela MAD TV (sim, a revista MAD tem um programa de tv nos EUA) com a música ME AGAINST THE MUSIC de Britney Spears. Como poderão ver, a paródia é mais realista do que o clip original.
 



sábado, 30 de agosto de 2008

CAPRICHO 936

O bardo Chatotorix, personagem dos álbuns de Asterix, de Gosciny e Uderzo.

Fiquei com muita pena daqueles pobres coitados que não sabem cantar uma garota (CAPRICHO 930). Pois aqui vão as dicas de um expert, as minhas...


10 MELHORES CANTADAS!


1. Chegar na menina cantando “I Will Always Love You” da Whitney Houston. Se ela não for uma metaleira, tá no papo.


2. Falar para ela que ela lembra muito sua falecida mãezinha.


3. Pedir para ela se afastar porquê você é cardíaco e seu médico disse para que se mantivesse longe de fortes emoções.


4. Se você estiver em dia com a academia, faça um spacatto no meio da pista, para mostrar seus dotes de Van Damme. 100% Garantido.


5. Diga que nem um microscópio eletrônico conseguiria achar imperfeições na pela dela. Essa é válida para estudantes de biologia.


6. Se a menina é da Ford Models, diga que as outras todas parecem Volkswagen Models perto dela.


7. Diga que por ela você deixaria de fumar crack e transar sem camisinha.


8. Diga que ela é a Flor e você a Abelha; que ela é a Fechadura e você a Chave; que ela é a Parede e você o Prego. Meninas adoram metáforas poéticas.


9. Pergunte se ela não quer ser a mãe de seus filhos com outras mulheres.


10. Chegue elogiando seus pés, suas pernas, seu bumbum, seus peitos...


Jerri Dias pratica suas cantadas no chuveiro.

sábado, 23 de agosto de 2008

THE INTERNATIONAL PEOPLE’S COLLEGE - A FACULDADE INTERNACIONAL DOS POVOS

Eu, no pátio lateral do IPC (e da minha casa) em dezembro de 2005. Atrás tem uma quadra de esportes ao ar livre que não era muito usada nessa época....

Se você ainda não sabe o que quer fazer da sua vida, ou quer uma experiência única para toda a vida, ou já fez de tudo mas ainda quer mais, este post pode te interessar, especialmente se você tiver entre 17 e 65 anos (não, eu não errei as idades).

Você gosta ou gostava de ir à escola? Se você é uma pessoa normal, provavelmente respondeu não. Não que a escola seja um lugar tão horrível assim, mas é que sendo o objetivo principal da escola fazer com que você aprenda, nesse sentido a maioria das escolas falha miseravelmente, pois a maioria dos alunos só estuda o que vai cair na prova e esquece tudo logo depois. E se a escola consegue ter alguns professores bacanas que te façam gostar de estudar, você ainda tem que lidar com acordar muito cedo ou ficar à tarde toda na aula, sem falar nas provas, aulas lotadas, bullies, colegas chatos te julgando e analisando qualquer coisa que você faça ou diga, professores chatos, lei do silêncio, recuperação, repetir de ano e por último, a violência real que anda invadindo as escolas hoje em dia. Eu sempre achei escolas presídios em miniatura e o atual estado de ensino neste e em vários outros países só contribui para este meu ponto de vista.

O mesmo pátio, em junho de 2004. Dentro do campus da escola ainda tem um pequeno lago e um bosque com uma cabana utilizada por antigos estudantes que estão sempre passando por lá para revisitar a escola.

Graças a Palas Atena, deusa da sabedoria, nem tudo está perdido e escolas que ensinam de verdade e onde os alunos vão de livre e espontânea vontade existem. Escolas modernas com novos métodos de pedagogia e educação libertária existem já há quase 100 anos e a partir dos anos 60 elas proliferaram.

Uma dessas maravilhosas escolas é a The Internacional People’s College (IPC), onde tive o prazer de estudar um semestre em 1996 e em 2004 voltei para lecionar por um ano como professor estagiário.

Situada em Elsinore, Dinamarca, o IPC é uma escola voltada para a congregação de valores universais de fraternidade e conhecimento sem nenhum vínculo religioso ou político. A escola foi fundada em 1921, três anos após a 1ª Guerra Mundial, abrindo para alunos e professores de toda a Europa, numa tentativa de congregar pessoas do maior número possível de países para que elas vissem que seu vizinho, fosse ele alemão, francês, grego ou de qualquer raça, era tão humano quanto ele e que guerra deveriam ser coisa do passado. Isso parece óbvio para qualquer pessoa racional, mas se ainda hoje há milhões de pessoas que não acreditam nisso, imagine naquela época, onde o patriotismo era muito mais exacerbado. De lá para cá, a escola foi angariando mais e mais simpatia de pessoas e autoridades através dos anos e em 1996 o IPC foi eleito Embaixador da Paz pela ONU (uma bandeira no pátio principal marca o evento até hoje).

Pátio dos fundos do IPC. Daá pra ver a cabana no meio do bosque e o lago congelado. Esse prédio em primeiro plano são os quartos dos estudantes. Quando estudei ali em 1996, essa era a vista do meu quarto.

A escola só ficou fechada durante a 2ª Guerra Mundial, invadida pelos nazistas, que não gostaram nem um pouco daquele lugar pacifista e anti-racista.

Hoje o IPC conta com cerca de 10 professores (de dinamarqueses a cubanos) ensinando uma média de 40 matérias diferentes para cerca de 100 alunos com idades que variam entre 17 e 60 anos, vindos de 35 países diferentes, por semestre. Mas a grande maioria dos alunos tem entre 18 e 28 anos.

Saca só algumas das matérias (que mudam de acordo com os professores):

Banda de Música (para você fazer a sua própria banda de rock, folk, jazz ou seja lá o que você curtir)

Produção de Vídeos (Produza, grave e edite seus próprios filmes)

Fórum de Debate Mundial (Para entender o mundo em que vivemos)

A Vida e O Pensamento Asiático (dispensa explicações)

Esportes

Teatro

Inglês

Comportamento Intercultural (conhecendo e interagindo com outras culturas)

Estudos Latino Americanos (olhando para o nosso umbigo)

Informática e a Era Digital

O Castelo de Kronborg, onde se passa a peça HAMLET de Shakespeare, fica perto do IPC. Hamlet existiu de verdade. O castelo é uma loucura, mas o melhor são as catacumbas escuras típicos de filmes de terror.

Bom, tem muito mais cursos do que isso, mas já dá pra ter uma idéia. Agora vem o mais interessante. Tudo isso são aulas teóricas e práticas e na maioria delas, teoria e prática acontece ao mesmo tempo. Lá não tem essas de ficar ouvindo o professor falar durante intermináveis minutos com você quieto lá no fundo, até porque as turmas variam de 5 à 20 alunos, ou seja, não tem onde se esconder e sua participação é “exigida” na forma de trabalhos que mais parecem diversão, até porque fazer um trabalho de grupo com um inglês, uma chinesa, um mexicano e uma lituana que tem uma cultura tão diferente da sua não é a mesma coisa que você faz ou fazia com seus colegas de aula. Isso sem falar que você escolhe as aulas que quer ter (não gosta de acordar cedo, não precisa) e as únicas provas e testes a que você será submetido é quem faz mais pontos em ping pong ou quantas baladas você consegue ir na mesma semana. Sim, não existe nenhum tipo de teste. E no final você ganha um certificado com todos os cursos que você fez, o que conta muitos pontos no seu currículo, seja acadêmico ou se candidatar a um emprego. Aqui no Brasil as pessoas te olham com outros olhos quando você diz que estudou no exterior, acreditem.

Se você chegou até aqui você deve estar interessado(a) em como fazer para estudar nessa escola ou até achando que só ricos estudam lá e que você não tem a menor chance de estudar lá. Sendo de uma família de classe média baixa, eu também achava assim quando ouvi falar da escola. Eu estava enganado.

Esta é a minha amiga Mako, do Japão, vestida para o Dia Cultural do Japão. Todos os alunos tem um dia para apresentar coisas típicas e não-típicas do seu país. Eu sempre critiquei muito o Brasil por lá, mas também elogiava quando dava...

Bom, é claro que, apesar de acessível, o IPC não é barato, afinal estamos falando de uma escola dinamarquesa, um dos países “mais primeiro mundo” que existem. Mas digamos que você vai estudar numa faculdade em outra cidade, como muita gente faz. Aluguel, alimentação, transporte e mensalidade da faculdade vão te custar o dobro do que você gastaria lá. Só que lá você está num país estrangeiro, aprendendo inglês e mais uma dezena de cursos que você provavelmente nunca faria aqui. No IPC você mora, come, estuda, faz esportes e até baladas (sim, tem uma danceteria no porão) dentro da própria escola. Quase um Big Brother, mas sem câmeras e você sai à vontade

Quer conferir os preços para ver se é verdade?!

24 semanas = R$ 10.000,00 (não se assuste, continue lendo)

1 semana = R$ 420,00

Bom, essa é a duração do semestre na Primavera, no Outono dura menos e é mais barato. Mas você tem ainda a opção de escolher quantas semanas quer ficar, mas eu aconselho a tentar ficar todo o semestre, seja no Outono ou na Primavera, porque senão é aquela coisa, uns poucos vão embora e todos os seus amigos ficam. Evite isso à todo custo. Como eu disse, a escola acaba sendo como um Big Brother e 100 pessoas vivendo juntas o dia interio durante várias semanas acabam criando laços extremamente fortes de amizade e amor (sim, muitos casais se formam e desfazem, mas alguns até se casam).

Este é meu amigo Tom, da Inglaterra. Ele fez 18 anos lá e comemoramos com uma grande festa. Depois organizamos uma balada no porão chamada TOM & JERRY’S PARTY. Foi muito engraçado, até porque ele encheu a cara nos primeiros 30 minutos da festa e caiu duro.

Agora o grande lance, desde 1990, e ainda era assim em 2005, quando eu saí da escola, existe um desconto especial para estudantes de países em desenvolvimento, incluindo o Brasil. O desconto é de 50% e assim o preço fica em:

24 semanas = R$ 5.000,00

1 semana = R$ 210,00

Detalhe: você pede uma bolsa integral quando preenche a sua ficha de inscrição e aí eles te dão esse desconto. Se não pedir, não leva.

Claro que os preços variam de acordo com o dólar, mas pelo dólar de hoje é isso aí. Parece cara, mas comparando com tudo o que escola oferece, que além das aulas, é um experiência para toda a tua vida que te garanto, você vai lembrar com muita, mas muita saudade.

Claro, ainda tem as passagens, que não são baratas, mas que dá pra fazer em até 10 vezes e também uma graninha extra para você poder passear um pouquinho, mas tudo compensa em dobro e um pouco mais.

Eu queria falar milhares de coisas boas da escola, que as pessoas são bacanas, que tem telões de cinema na escola, que neva, que faz calor, que você anda de trem, que a comida é ótima e os livros custam a metade do que custam aqui no Brasil (em inglês), mas eu vou deixar esses e outros maravilhosos detalhes para que você me pergunte se estiver interessado(a) em saber mais ou mesmo estudar as melhores semanas das sua vida por lá. Te passo tudo o que eu souber e até o que eu não souber.

E visite o site para mais informações e fotos da escola:

IPC

Ott, da Estônia, eu e Koji, do Japão, na Noite Cultural do Japão.

Sayonara.