quarta-feira, 26 de março de 2008

CAPRICHO 910


Pois é, parece que a guerra vai rolar mesmo.
Então se liga nessa...

ESTRATÉGIA DE GUERRA


• Estoque sua coleção de CAPRICHO, batatinhas Chips, refrigerante e sorvete,

caso tenha que ficar trancada dentro do quarto.


• Se faltar comida, chame um telepizza.

Não é porque a cidade foi bombardeada que as pizzarias vão deixar de faturar.


• Convide um menino lindo do seu prédio (pode ser mais de um)

para se refugiar na sua casa.


• Se seus pais reclamarem que você chegou tarde em casa da balada,

diga que, para economizar gasolina, voltou a pé.


• Quando a guerra acabar, garanta uma bandeirinha dos Estados Unidos,

uma da Coréia do Norte e uma do Iraque para agitar.

Afinal, guerra é uma caixinha de surpresas.

• Aliste-se e viva cercada de soldados gatos.


• O look militar vai entrar em alta e você vai poder usar

aqueles coturnos pretos que tanto adora.


• Já que o dia de amanhã é incerto, pegue o cartão de crédito de seu pai

e garanta aquele vestido caríssimo antes que o mundo acabe.

Jerri Dias já passou na locadora e pegou 100 filmes.

segunda-feira, 24 de março de 2008

DICAS PARA USAR O SEU CLONE - Humor




Pois é, clonagem já virou moda (mesmo com a morte da Dolly). Este colunista se antecipa e dá..

DICAS PARA USAR O SEU CLONE



Sexo

Caso esteja nervosa, mande seu clone na sua primeira
vez e peça pra ele te contar como é.

Balada 

Dê um calmante para seu clone nos fins-de-semana.
Ele fica dormindo e você fica nas baladas até às oito da manhã.

Ficante

Passe o seu clone para aquele ficante chato que beija mal pra caramba.

Cabelo

Teste cortes e tinturas para cabelo no clone antes de usar em você mesmo.
Assim você evita choradeiras desnecessárias.

Timidez

Mande seu clone falar com aquele gatinho para quebrar o gelo.
Depois que o circo estiver armado, você manda ele para o banheiro e assume seu lugar.

Escola

Coloque seu clone para estudar e passar naquelas matérias que você detesta.

Roupas

Você vai ter dois guarda-roupas, pois o clone também vai ter que se vestir bem e andar na moda.

Morte 

No velório do seu clone você vai poder estar presente e ver quem dos seus amigos vai falar bem ou mal de você.

Jerri Dias quer um clone para fazer a coluna enquanto ele joga videogame.



Coluna publicada na Capricho 909.

segunda-feira, 17 de março de 2008

10.000 A.C. - Crítica


Com certeza o pior filme do ano e um dos piores que já assisti em toda a minha vida.
Eu não esperava muito de um filme de Roland Emmerich, diretor de Independence Day, Godzilla, Stargate e O Dia Depois de Amanhã (essse, o único que despertava algum interesse na trama), e fui mais para ver a megafauna (mamíferos pré-históricos), mas confesso que nem de longe esperava um roteiro e uma direção tão capengas e tediosos.
Para começar, nem o roteirista nem o diretor parecem estar cientes das descobertas antropológicas e paleontológicas dos últimos 60 anos, sem falar de coisas muito mais básicas. Eles certamente, além de nunca lerem um livro sobre o assunto, também não assistem Discovery Channel.
Só pra enumerar alguns absurdos na ordem em que aparecem no filme:

1 – A tribo do protagonista é formada por raças diferentes e levando em consideração o resto do filme, eles vivem em algum lugar na África. Na África, berço da humanidade só haviam negros. Os negros se tornaram brancos na Europa e na tribo majoritariamente branca tem um mulato e uma asiática (a mãe anciã). Naquela época e até 100 anos atrás, uma pessoa de raça diferente dificilmente era aceita pela raça majoritária, ainda mais naqueles tempos. Sem falar que não poderia haver brancos por lá e muito menos asiáticos.

2 - Filosoficamente, a tribo possui conceitos como honra, honestidade, responsabilidade e amor romântico. Nada demais eles sentirem isso de alguma forma, o problema é eles saberem verbalizar a coisa numa forma que indica que eles já sabiam falar sobre aquilo que os gregos só pensariam 7.000 anos depois! E amor romântico é uma coisa que só aparece na sociedade moderna, antes disso, relação de casal era por questão de sobrevivência, conveniência, posse e instinto.

3 - Os homens e mulheres não pareciam sujos, apenas maquiados de sujos. Todos tinham dentes braquinhos e a mocinha sequer tinha as unhas sujas! Nessa época a maioria dos homens e das mulheres deveriam ostentar dentes podres e cicatrizes por todo o corpo. A expectativa de vida nessa época e nas condições que essa tribo vivia era de 40 anos.

4 – Caçada: Eles só tinham lanças pesadas, quando nessa época, muitas tribos do tipo já produziam lanças mais leves e que podiam ser atiradas a distância para caçar sem expor os caçadores a riscos desnecessários. No filme a tribo caça mamutes com a mesma técnica usada por índios norte-americnaos para caçar bisões. Funciona para bisões, que são animais que tem predadores como lobos e pumas, mas experimente usar essa técnica com elefantes africanos para ver o que acontece. Apenas filhotes e velhos doentes são passíveis de ataque. Um adulto saudável não tem predadores. Logo, eles até podem ter medo, mas eles não fogem de bicho algum. Leões fogem de elefantes. Um elefante sente teu cheiro e se acha que você é um predador parte pra cima e te pisoteia, chuta e te joga longe com a tromba se puder. E os caras se metem no meio de uma manada de mamutes e eles não só não sentem o cheiro deles como fogem todos e não fica um fillhote ou doente pra trás, que são naturalmente os que ficariam pra trás num estouro desses. E o que é aquela armadilha da rede, além de ser ridícula, é totalmente ineficaz.
Nossos ancestrais reais eram muito mais espertos do que o roteirista do filme e eles caçavam mamutes mais ou menos assim:
Identificavam ou procuravam um animal isolado do resto da manada, pois um mamute já seria mais do que suficiente pra dar cabo de todos, uma manada faria geléia deles. Escolhido o alvo, aproximavam-se com tochas e lanças (que todo animal tem medo de fogo) e procuravam distanciar o animal da manada e levá-lo em direção a um barranco pra ele cair e se quebrar todo e poderem realizar uma morte fácil sem feridos. Ou então cavavam um buraco de 2 ou 3 metros para o animal cair e aí também poder fazer uma morte com poucos riscos. E nunca ir atrás de um filhote, pois a mãe vêm atrás para defender. E então, eles eram ou não eram mais inteligentes que o roteirista deste filme?

5 - Geografia: eles vivem em montanhas quase glaciais e em questão de um dia ou dois estão numa floresta tropical e em questão de mais um dia ou dois, num deserto, sem locações geográficas intermediárias, como um floresta temperada ou uma savana. Dada a geografia da época, não havia montanhas daquele tipo na África. E se a floresta era tão perto, porque eles passavam mal no alto daqueles montanhas? Na floresta tem muito mais comida e ninguém passa frio. Se o filme fosse um pouquinho mais decente nesse sentido, eles levariam meses pra chegar ao destino final, o que só aumentaria a carga dramática, mas pra quê se dar ao trabalho?!

6 – Tigre Dentes-de-Sabre. No original é Dente de Lança, mas a tradução resolveu dar mais uma avacalhada, como se antigamente eles usassem a denominação moderna. O herói tem consciência ecológica, fica com pena dos animais e decide poupar a vida de um predador daqueles! Se fosse pra valer o cara tinha matado e comido o Tigre. E quando o Tigre fica “amiguinho dele”, só faltou aparecer o esquilinho da Era do Gelo, pois até mamute “camarada” apareceu no final.

7 – Armas, os antepassados dos egípcios usavam armas de metal. Não sei que metal eles usavam, mas só haveriam armas de metal uns 3.000 depois. Tudo bem que eles viessem da Atlântida ou de outro planeta, mas o fato deles deixarem metal a disposição no fim do filme deveria mudar a história da humanidade.

8 – Como as pirâmides também ficaram por ali, mais um furão. As primeiras pirâmides eram 10 x menores que aquelas e só começaram a ser construídas 5.000 anos depois.

De resto, muita bobagem, como o protagonista traumatizado com a perda do pai quando criança (drama típico de burguesinho norte-americano), uma feiticeira que ressuscita pessoas a distância, um narrador que explica tudo pros retardados que não entendem a “complexidade” da trama e todo tipo de clichê de filme de ação babaca.

E o pior de tudo, como sempre nos filmes desse diretor alemão que adotou os EUA como pátria, é a ideologia americana escancaradamente explícita no enredo onde uma tribo branca pacífica que convive com outras raças é atacada por gente que usa turbante, tem cara de árabe e mora no deserto!

Mais uma senhora cagada política e cinematográfica de Roland Emmerich.
Recomendável apenas para analfabetos funcionais e pessoas com QI abaixo de 80.

CAPRICHO 908


Na edição 905 (12/1), Jerri Dias foi um dos convidados a responder as perguntas que Sandy se recusou. Ele gostou da brincadeira e agora se faz passar por Junior...

JÚNIOR CONTA TUDO!


Você tem ciúmes da Sandy?

Não, eu me dou muito bem com a minha irmã. Mas essa entrevista é sobre mim ou sobre ela? Que droga!

Conte alguma coisa engraçada que tenha acontecido durante o seriado Sandy e Junior...

Uma vez um leão se soltou numa cena, me encurralou numa parede e tentou me morder pela camisa. Eu fiquei tentando puxar minha camisa da boca dele, tinha que ver, o bicho era três vezes o meu tamanho! Aí apareceu um pessoal e conseguiu me arrancar dali, mas minha blusa rasgou todinha.

Tá, tá, mas onde a Sandy estava nessa hora?

O quê minha irmã tem a ver com isso? Isso não foi engraçado o bastante para vocês? Então tá! Escuta essa: minha irmã estava indo pra cena e tropeçou.

A Sandy tropeçou? Conta mais. Que roupa ela estava usando? Chovia ou fazia sol?

Você acha que eu sou palhaço? Isso era para ser uma entrevista comigo, com o Jú-ni-or!

Eu sou um artista sério, cara!

Então faz aquela tua dancinha de Ricky Martin para a gente ver.

Nesse momento Junior se levanta e faz a sua dança a la Ricky Martin.

Jerri Dias ganhou um CD da Sandy e deu pra sobrinha pequena.

CAPRICHO 907


Suas amigas riem de você? Você envergonha seus ficantes?

Suas dúvidas acabam agora com o teste...


VOCÊ É RIDÍCULA?


1. Quando vai ao shopping com suas amigas, você...

a) rola escada rolante abaixo.
b) é expulsa pelo segurança.
c) fica falando no celular dentro do cinema.

2. Quando está curtindo seu ficante na balada, você...

a) espirra e não consegue segurar o que sai do nariz.
b) fica bêbada, sobe no palco e cai.
c) mostra para ele que você sabe toda a coreografia do Rouge.

3. No Natal, você...

a) fica em casa sozinha, porque da última vez você brigou feio com sua prima.
b) bebe escondido, se pendura na árvore de Natal e a derruba.
c) come o pudim de clara em cinco minutos e deixa as crianças sem sobremesa.

Mais A - Palhaça


Você é talentosa. Vá para a escola de circo e seja feliz fazendo suas micagens para a platéia.

Mais B - Pagadora de mico

No horóscopo chinês, você é macaco. Melhor sorte na próxima reencarnação.

Mais C - Ridícula

Sua única saída é nascer de novo para ser menos ridícula na próxima encarnação.

Jerri Dias faz piadas ridículas.

CAPRICHO 906


Pois é, ano novo, vida nova, cueca nova e...

RESOLUÇÕES DE ANO NOVO!

• Parar de beber tanto no Ano Novo para não começar o ano de ressaca.

• Começar a receber meu salário em dólar.

• Diminuir de 20 para 15 horas o tempo que passo jogando videogame todo dia.

• Parar de ir dormir às 7 da manhã e acordar às 2h da tarde.

• Pisar menos no rabo da minha gata.

• Ficar com no máximo três meninas numa mesma festa.

• Namorar a Lucy Liu das Panteras.

• Se não der, tentar a Daniele Suzuki do Sandy e Júnior.

• Nunca mais assistir a Big Brother, Casa dos Artistas e outros barracos do gênero.

• Aprender a dançar sem cair no chão.

• Iniciar um boicote contra o Jota Quest pela Internet.

• Ir menos ao McDonald’s.

• Posar de “Colírio” na Capricho.

• Ficar bonito, rico e famoso.

• Não servir mais de tapa-buraco para menina nenhuma.

• Aprender alguma arte marcial para não apanhar mais da vizinha do 402.

• Nunca mais assistir a um filme com a Britney Spears.

• Parar de pagar mico quando vou na casa da minha namorada.

• Tentar escrever textos engraçados.

• Desistir de escrever resoluções de ano novo que nunca vou cumprir.

Jerri Dias passa o Ano Novo dormindo.

quinta-feira, 13 de março de 2008

DANÇA


Minha relação com a dança começou quando em 1978 eu assisti GREASE com o John Travolta e comecei a usar seus passos nas reuniões dançantes da época, o que causava uma certa impressão na minha turma, uma gurizada entre 9 e 12 anos.


Mais tarde acabei namorando a Adriana Banana, que me mostrou todo um mundo de dança moderna, contemporânea, jazz, dança expressionista alemã dos anos 20 e dança-teatro da Pina Bausch e outros. Nessa época também conheci os bailarinos Alecssandro Dall'Olmo e Tatiana da Rosa. O Alecs acabou me levando pra tomar umas aulas com ele e até acabei pagando um mico de dançar numa apresentação de fim de ano de uma escola onde fazia aula de ballet. Isso quando eu tinha 30 anos! Felizmente a coreografia era de smoking e não de collant.


Nessa época eu já estava casado com a Alexandra Dias, atriz que também resolveu cair na dança. Com minha pequena experiência em produção de curtas-metragens, resolvi abraçar a produção dos projetos dela e de seus colegas atores, que também resolveram cair na dança. Juntos eles criaram o Projeto MAX (abreviação para Michel Capeletti, André Mubarack e Xanda Dias) e em conjunto com as coreógrafas Heloísa Gravina e Tatiana da Rosa já receberam financiamentos municipais e prêmios federais para bancarem seus espetáculos e projetos.


Eu tenho a honra de produzir seus projetos desde 2004 e tenho certeza de que se o grupo continuar por mais alguns anos, eles vão acabar sendo uma referência na Dança Contemporânea brasileira.


Para quem quiser uma palhinha, aqui ao lado, nos LINKS BACANAS tem um trailer de um dos espetáculos, o INSTRUÇÕES... e um vídeo-dança que eu e a Xanda fizemos lá na Dinamarca. Estando lá no YouTube você pode pedir pra ver mais vídeos de danças e performances do grupo ali do lado. Se gostar, continue visitando por lá que seguidamente estamos postando novos vídeos.
Ah, e o novo projeto tem site também:
www.desdobramentos.org

terça-feira, 11 de março de 2008

CAPRICHO 904


Depois de exaustiva pesquisa telepática, finalmente descobri...

O QUE QUER DIZER?...

“Você é a gatinha mais linda da balada.”
(Ninguém quis ficar comigo, você é a última chance de eu me dar bem, pelo amor de Deus, fica comigo!)


“Eu sou modelo.”
(Saíram várias fotos minhas vestindo roupas horrorosas na revistinha de ofertas do supermercado.)


“Já beijei mais de 500...”
(...vezes o meu reflexo no espelho, porque eu me a-do-ro!)

“Eu não gosto de usar camisinha.”
(Ih, acabei de lembrar que tenho que ir pegar meu teste de HIV.)

“O problema não é você, sou eu...”
(Além do mais, estou saindo com outra gatinha mais bonita que você.)

“Eu só curto esportes radicais...”
(...quando estou em casa sentado em frente à tevê com um pote de sorvete e uma Coca 2 litros.)

“Eu gosto de mulheres que tenham atitude e opinião própria...”
(...depois de conferir se elas tem um corpão.)

“Você é virgem? Confie em mim.”
(Cara, espera só a turma do colégio ficar sabendo disso!)

“Eu tenho pavor de ‘lôraburra’...”
(...mas se a Mari Alexandre me desse bola...)

“Gosto de você do jeitinho que você é.”
(Mas você bem que podia ser diferente.)


Jerri Dias lê mentes, mas não entende o que passa na cabeça das meninas.

CAPRICHO 903


Transar sem camisinha engravida? Dê um basta a essas e outras dúvidas com o....

Consultório de Sacanagem Sexual do Dr. Condy Lomma!

“Eu e meu namorado colocamos piercings nos genitais e agora as camisinhas vivem rasgando. O quê devemos fazer?” – Tatuada da Lapa.

R. Cara Tatuada da Lapa, vocês não tinham lugar melhor onde colocar esses piercings? O pior é que é tudo moda e daqui há pouco vocês vão querer tirar e aí não quero nem ver o estrago. Vai precisar cirurgia corretiva, já vou avisando.

“Quando beijo meus ficantes, às vezes mordo os lábios deles com tanta força que eles sangram. Não consigo evitar e gosto cada vez mais. Me ajude!” – Gatinha Canibal.

R. Minha filha, você não é canibal coisa nenhuma, você quer é provar o sangue desses pobres rapazes incautos! Tudo isso é culpa dessas novelas com vampiros que acabam com os valores familiares e os bons roteiros.

“Eu sou virgem e minha mãe vai nas baladas comigo e transa com todos os meus ficantes. Assim nunca vou deixar de ser virgem. Quê faço? Conto tudo para meu pai?” - Filha traída.

R. Ah, a juventude, época de festas, primeiros namorados. Eu também já passei por tudo isso, minha pequena, minha mãe também ficava com todas as meninas que eu tentava paquerar. A solução veio quando me formei Doutor aos 54 anos e saí da casa de meus pais.


Jerri Dias é um velho safado e preconceituoso.

CAPRICHO 902


Você acha que sabe tudo de sexo? Então coloque-se a prova com o....

TESTE SEXUAL DO DR. CONDY LOMMA!

Quando a menina deixa um garoto ver seu bumbum, ela...


a) está apelando na imitação de Christina Aguilera.
b) tomou o maior tombo e rasgou os fundilhos da calça.
c) está de bikini na praia.

Quando o menino olha fundo nos olhos da sua gatinha, ele...


a) está recuperando a visão depois de um acidente que o deixou temporariamente cego.
b) andou tomando umas boletas e está na maior viagem.
c) está procurando um cisco no olho da sua amada.

Quando um casal fica nú pela primeira vez, eles...


a) se arrependem amargamente, porquê os pais da menina aparecem bem na hora.
b) não estão nem aí, afinal, é um casal de bebês.
c) se comportam como dois animais, nem parece que estudaram em escola católica.

Mais A – Virgem


Com essa idade e ainda não sabe os fatos da vida? Vá assistir o Discovery Channel.

Mais B – Maior Galinha


Se contenha mocinha, as pessoas andam falando.

Mais C – Garota de Programa


Quer dizer que não adiantou nada estudar em escola católica, hein?


Jerri Dias já pegou tudo que é DST e sabe do que está falando.

CAPRICHO 901


Depois de encarar o divórcio de seus pais, ir ao terapeuta, colocar a cachola no lugar, está na hora de deixar de ser fresca e descobrir...

AS 10 MELHORES COISAS DE TER PAIS SEPARADOS
Pai e mãe separados tem complexo de culpa. Explore-os ao máximo e consiga viagens à Disney e dormir com o namorado em seu quarto.

Você não precisa mais fechar a porta do quarto quando eles começam a brigar. Não tem mais briga.

Você pode pedir mesada dupla.

Não há mais risco de eles terem mais filhos e te deixarem em segundo plano.

Você sempre vai ter duas casas para escolher e fazer festa com os amigos quando seu pai ou sua mãe viajarem.

Dois quartos.

Ganhar um monte de irmãos e irmãs caso eles se casem com outros pais separados.

Os dois vão te deixar ter aquele cachorrinho, aquele gatinho, aquele passarinho, aquele pôneizinho que você sempre quis.

Mudar o visual dos seus pais para eles se ajustarem ao século XXI, senão eles vão ficar sozinhos.

Seus pais nunca mais vão comentar seu troca-troca de namorados..

Jerri Dias não ganhou mesada dupla.

CAPRICHO 905


Você sabe amassar um gatinho e ele sabe amassar você? Na dúvida?
Com o Teste do Amasso suas crises existenciais de Amasso ou Não Amasso, acabaram!

O TESTE DO AMASSO

Como você prevê o Amasso iminente?

a) Quando eu vejo que não vai dar para desviar do poste.
b) Quando aquele gatinho chega, me passa a mão na bunda e minhas amigas tentam me segurar mas não conseguem.
c) Quando minha mãe resolve fazer bolo e me chama para judar.

Quando você percebe que está aloprada?

a) Quando eu vejo um vaca andando no meu teto.
b) Quando aquele deus grego me aperta em seus braços e de repente desaparece no ar.
c) Quando meus pais me internam numa clínica de repouso.

Quando você percebe o Amasso vai dar em casamento?

a) Quando eu percebo que estou grávida.
b) Quando eu, que sou a garota mais feia da turma, fico com o gato mais lindo da festa.
c) Quando meus pais são evangélicos fanáticos e vão fazer de tudo para obrigar o garoto a casar comigo.

RESULTADOS


Mais a

O Amasso, para você, ainda é uma coisa ainda meio estranha. Procure aulas na DETRAN, tente se acalmar e faça um curso de culinária, pois o bolo ficou horrível.

Mais b

Os amassos com os garotos tendem a acontecer sempre que você tem a oportunidade, mas evite faze-lo na sala de aula.

Mais c

Seus pais são muito caretas. Você acha mesmo que eles vão levar numa boa seus amassos quando descobrirem que você bateu o carro?


Jerri Dias sempre acorda com a cara amassada.

sábado, 1 de março de 2008

O SOBRINHO DO GLADIADOR


Esse é o trailer do filme trash que fiz com meu amigo Rodrigo Dubal. Continuação de GLADIADOR, esse filme épico feito em VHS nos custou 100 reais para produzir e depois mais uns 900 reais para fazer cópias. Distribuímos o filme para alguns lugares Brasil afora e o Programa do JÔ foi o primeiro a se ligar que isso era mais uma comédia que um filme trash, o que não deixa de ser também. Resultado, o filme acabou sendo divulgado em outros programas nacionais, regiopnais e municipais e até foi convidado a ser exibido numa sessão especial na Sala P. F. Gastal, que costuma exibir filmes independentes e nacionais. Isso foi uma honra pra mim e só queria que o seu Gastal estivesse vivo pra poder assistir o filme. Não sei se ele iria gostar, mas acho que ele iria dar umas risadas. E espero que você também possa se divertir com essa trasheira toda.
Clique no link para o trailer e lá na página do Youtube você acessa o filme, que está dividido em 7 partes.
Abraço.

http://br.youtube.com/watch?v=-wgZVxz3w7w