quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

COMICS E ARTE FANTÁSTICA











Clique para ampliar.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

HUMOR











Clique para ampliar.


sábado, 23 de fevereiro de 2013

SIGUR RÓS - Vídeoclip

Sigur Ros - Fjögur Píanó from Alma Har'el on Vimeo.


Sigur Rós é uma banda islandesa de post-rock, com elementos melódicos, clássicos e minimalistas. O nome, em islandês, significa "rosa da vitória", e pronuncia-se "si ur rous", ou ['sɪɣʏr rous] no Alfabeto Fonético Internacional. A banda é conhecida pelo seu som etéreo e pelo falsete do vocalista, Jónsi. Alguns de seus contempôrâneos são Múm e Amiina, ambas surgidas da mesma cena criativa e vibrante do post rock da Islândia.

Do Wikipedia.






quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

CAPRICHO 1068 - Humor


Fiquei penalizado com a falta de assunto entre namorados na Conversa de Banheiro (ed.1065) e decidi dar uma força sugerindo...

PAPOS QUE DÃO O QUE FALAR


CABELOS

Fale sobre os seus cabelos. Reclame que eles estão secos, sem brilho, que parecem uma palha. Se ele não der opinião alguma, faça uma cena gritando e chorando que ele não se importa contigo. Isso pode garantir pelo menos 15 à 30 minutos de discussão.

FOFOCA

Falar mal dos outros sempre gera curiosidade para saber mais e evita que vocês pareçam tão desinteressantes um para o outro. É assim que os profissionais de revistas de fofocas fazem muitos amigos!

MELHOR AMIGA

Você tem uma melhor amiga super gata. Pergunte se ele ficaria com ela um ano depois de vocês terem se separado. Ele vai dizer não, mas se você insistir e dizer que não se importa, ele vai finalmente confessar que sim e aí você pode armar um barraco!

BBB

Falar sobre um bando de gente que não faz nada nem diz nada que preste pode render horas de falação sobre nada. Invista!

FUTEBOL

Pergunte a ele sobre futebol e ouça ele falar por horas à fio. Lembre-se de fazer isso ao ar livre e de usar óculos escuros daqueles bem pretos, para ele não perceber que você dormiu nos primeiros 5 minutos!

MODA

Você fala das roupas. Ele fala das modelos. Dá para falar um tempão sem nenhuma das partes prestar atenção no que o outro está falando. Vale até como prática para o casamento!

MÚSICA

Conversem sobre suas bandas favoritas. Vocês podem descobrir que odeiam as preferências musicais um do outro e se separarem antes que o estrago seja feito. Mais um ponto para o diálogo!

SEXO

Dá para conversar a noite inteira sobre sexo. Mas lembre de usar a camisinha!


Jerri Dias anda meio sem assunto.




segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

FESTIVAL MIKE JUDGE - Trailer

BEAVIS E BUTT-HEAD CONQUISTAM A AMÉRICA



Além de ser o criador de Beavis e Butt-Head, Mike Judge fez ótimas comédias sobre quão patéticos seres humanos podem ser. ;-)


COMO ENLOUQUECER SEU CHEFE



IDIOCRACIA



MARÉ DE AZAR




sábado, 16 de fevereiro de 2013

MEDO DE MORRER - Conto



Roger estava lá, parado no meio da ponte.
Observava o fim do dia.
À noite caiu e ele continuava no mesmo lugar. Abaixo dele, o rio corria e os barcos o acompanhavam. Puxou um cigarro do maço. Acendeu-o e deu uma longa tragada. Começou a tossir. Jogou o cigarro por sobre a murada. A ponta do cigarro brilhava em contraste com o rio escuro. 

Após o que lhe pareceu uma eternidade, o pequeno ponto de luz tocou as águas e desapareceu. Roger sentiu uma pequena vertigem e desviou à vista para os carros que passavam indiferentes. Afinal, o que ele ainda fazia ali? O plano não era só chegar e saltar? Ele estava preparado para saltar, não estava? Ele veio do outro lado da cidade somente para assistir o pôr-do-sol? Bem, o sol já havia se ido há algum tempo. E o bilhete?

Sua esposa já devia ter visto o bilhete. Se ele não saltasse seria uma vergonha voltar para casa. Todo mundo saberia de sua fraqueza. O que o estava impedindo? Medo? Vergonha? Certamente o primeiro. Mas Roger não tinha medo de morrer. Ele tinha medo era de sofrer enquanto morria Achava que já havia sofrido demais nessa vida, para sentir mais dor agora, na morte. A idéia era quebrar o pescoço no choque com as águas do rio. Mas e se não desse certo e ele se afogasse?! Não lhe agradava a possibilidade de morrer enchendo os pulmões d’água. O que fazer? Claro, existe a hipótese de que na verdade ele ainda queira viver. Suicidas de verdade costumam se matar logo, não ficam tecendo reminiscências. Mas ele não via alternativas. Continuar vivendo seria masoquismo. Mas ainda assim ele tinha dúvidas.

Foi então que ele olhou para os céus e rezou, implorando por um sinal. Ele orou pela primeira vez em sua vida adulta e chorou pela última. E aconteceu. Uma pequena estrela, vinda de lugar algum, surgiu no horizonte. Roger começou a rir. Lágrimas de felicidade lhe brotaram do rosto sofrido. E a pequena estrela ficava maior e maior. E Roger renascia para si e para o mundo e tudo daria certo desta vez. Ele sussurrou um “obrigado, Senhor” e a estrela explodiu, banhando Roger e a cidade com luz, calor e radiação.


Novembro, 1989

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

RYUICHI SAKAMOTO – Trilha Sonora




Ryuichi Sakamoto é cantor, ator, compositor e ativista e sua estréia como ator e compositor no cinema se deu com o filme FURYO, EM NOME DA HONRA (Merry Christmas, Mr. Lawrence, 1983). Sua excepcional e original trilha sonora lhe garantiu uma premiação como Melhor Trilha Sonora no  BAFTA daquele ano, o que lhe garantiu fama e mais trabalhos para o cinema. Sakamoto acabou por se tornar um dos compositores favoritos do cineasta italiano, Bernardo Bertolucci. Parceria que acabou lhe rendendo um Oscar de Melhor Trilha Sonora pelo O ÚLTIMO IMPERADOR (The Last Emperor, 1987).

Deixo com vocês quatro trechos de filmes representativos de sua música étnica.











sábado, 9 de fevereiro de 2013

FESTIVAL BRYAN SINGER - Trailer


O Aprendiz.


Se não gosta de Carnaval como eu, aproveite pra ver ou rever alguns ótimos filmes do diretor Bryan Singer.














quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

DAR CARNE À MEMÓRIA - Dança

 Eva Schul em oficina para o grupo Mudança nos anos 70.
Clique nas fotos para ampliá-las.

Em 2010 fui convidado pela dançarina Mônica Dantas para coordenar a produção de um mega projeto chamado DAR CARNE À MEMÓRIA, que era nada mais do que recriar diversas obras coreográficas dos anos 1970 aos 2000 de uma das maiores coreógrafas brasileiras de dança contemporânea em atividade: Eva Schul.


 DE UM A CINCO 
Com Viviane Lencina e Luciano Tavares 
Foto: Licia Arosteguy


Eu conheci Eva Schul pessoalmente em 1993 através de um de seus dançarinos, Alecssandro Dall’Ollmo, e claro, assisti várias de suas coreografias. De tanto ir a seus espetáculos e até alguns ensaios, ela um dia me perguntou: “E tu, quando vai dançar pra mim?” Não lembro o que respondi, mas apesar de ter feito dança por um ano em 1998, acabei não dando continuidade, e em 1999 comecei a fazer produção para alguns de meus curtas e para os espetáculos do grupo Projeto MAX.



HALL OF MIRRORS
Luiza Moraes (à frente), à direita ao fundo, a agora premiada coreógrafa Luciana Hoppe.
Foto: Marina Camargo


Essa experiência anterior, o prêmio Açorianos de Melhor Produtor de Dança em 2007 e minha “cara de sério” (de acordo com Mônica Dantas) me deram credibilidade perante o Ânima Cia de Dança e confiança para dar o apoio necessário que o projeto precisava ao longo do ano.


CAIXA DE ILUSÕES
Com Monica Dantas
Foto: Sofia Schul


O projeto tinha financiamento do prêmio Klaus Vianna de Dança/2009 da FUNARTE, ou seja, todos os profissionais seriam pagos, ainda que simbolicamente em alguns casos.




CATCH ou COMO SEGURAR UM INSTANTE
Foto: Sofia Schul


E depois de muitos meses de ensaios, estreamos e tivemos várias apresentações com uma lotação acima da média e até mesmo algumas completamente lotadas no caso dos solos e duos.



FIO PARTIDO
Com Cibele Sastre
Foto: Marina Camargo


Com cerca de 3 horas de espetáculo, Eva Schul optou por dividir o espetáculo em duas partes: uma para as coreografias de grupo e outra para os solos de dançarinos veteranos. E eles foram apresentados em temporadas separadas, com exceção da apresentação no 17º Porto Alegre em Cena, onde ele foi apresentado em sua versão integral.



UM BERRO GAÚCHO
Foto: Sofia Schul


Tentei fazer o melhor que pude para deixar todos os membros da equipe fazerem seu trabalho artístico sem terem que se incomodar com detalhes da produção e burocráticos e lembro de Mônica Dantas ter dito que estava feliz por poder apenas se preocupar com o processo de criação e nada mais. Certamente falhei em alguns momentos e peço desculpas ao grupo pelas minhas imperfeições como produtor, afinal, ainda estou aprendendo. Mas acho que estou indo na direção certa, pois com esse trabalho recebi o prêmio Açorianos de Melhor Produtor de Dança de 2010.


 SER ANIMAL
Com Eduardo Severino
Foto: Marina Camargo

No fim acabei não tendo a oportunidade de dançar para a Eva Schul, mas tive o prazer de contribuir para que sua obra continue viva na memória das pessoas.


  
SOLITUDE
Com Luciana Paludo
Foto: Marina Camargo

TONS (Do Branco)
Com Tatiana da Rosa
Foto: Sofia Schul

 

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

CAPRICHO 1067

 
Todo mundo adora ou odeia apelidos. Aqui, meus...

APELIDOS MALDOSOS DE CELEBRIDADES!

Jota Peste

Sebenta Gomez*

Demo Lovato*

Jujuba Brothers

RBD RTD – Rebelde Retardado

Paulinho Velhinha

NX Salada

Claudia Leitte Azedo

Birita Spears

Mari Moon-Rá

Sandyloma

Gisele Bündachen

Justin Timberlaquênoscabelos

Paramenos

Vanessa Ruimdosgenes

Caio Castrado

McFLY na sopa

Robert Patinho

Hillary Cerveja Duff

Boyancé

Lindsay Nojentan

Claudia Seca

Mariana Xiximenes

Ivete Semgraça

Mandonna

Tony Pêlos

Bruno Galinhaço

Barraca da Brahma

Leonardo Dicapricórnio

Amy Drogadause

Chris Bate

Rihanna Apanha

Alessandra Ambrosia

Bar do Pitt

Jim Catarrey

Dakota Fanha

Lelé Allen

Marcelo Camaluco e Malluca

Vomitando Bloom

Mijey Cyrus

Jerri Dias recebe muitos apelidos de leitoras furiosas.



Essa coluna foi apelidada e ainda teve dois apelidos sugeridos pela leitora Eduarda Baptista*, de Jacarezinho – PR.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

ANNA KOURNIKOVA - Tenista


Anna Sergeyevna Kournikova é uma tenista professional russo-americana aposentada. Sua beleza e seu status de celebridade a tornaram a tenista mais famosa de todas, apesar de nunca ter ganho um título da WTA (Associação de Tênis Feminino). No auge da fama, a procura de fotos suas pelos fãs a tornaram uma das pessoas mais procuradas no Google. Pelas fotos, dá para notar porquê.

Adaptado do Wikipédia.











Clique para ampliar.