terça-feira, 29 de março de 2011

BAKTRUPPEN - performance




Neste vídeo, o grupo Baktuppen detona um Mitsubishi na frente do Conselho Norueguês de Assuntos Culturais enquanto rola uma conferência dentro do prédio sob arte e qualidade.


Eles podiam vir aqui para o Brasil e realizar essa performance com todos os carros dos motoristas que dirigem bêbados, atropelam ciclistas, etc...

Sobre o grupo (tradução parcial do wikipédia)

O grupo Baktruppen é um coletivo de artistas em atividade desde 1986. Fundado em Bergen, Noruega, o grupo tem tido um impacto substancial na Live Art européia.

O historiador teatral Knut Ove Arntzen em seu livro A Arte da Performance de Baktruppen, explica: “Baktruppen é conhecido por sua ironia e jogos com aproximações vanguardísticas com o teatro e a performance. Eles até podem ser considerados como tendo transgredido a vanguarda! O nome da companhia indica o oposto de vanguarda, algo como “tropa da retaguarda” ou alguém andando atrás de um comboio militar. Claro que isso tem um significa irônico. A intenção do Baktruppen era reciclar aspectos da vanguarda clássica sob uma perspectiva pós-moderna, o que foi de fato, seu ponto de partida.

domingo, 27 de março de 2011

CAPRICHO 1018


Ginecologista para quê?

PERGUNTE AO DR. CONDY LOMMA!

DÓI OU NÃO DÓI?

“Dr. Condy Lomma, meu namorado quer transar e eu sou virgem e tenho medo, pois ouvi dizer que a primeira vez dói muito? É verdade ou não? Me dá um consolo, Dr. Condy Lomma!”

Tayná, de Virgolândia.

Cara Paola, consolo não posso dar não, mas posso te dizer que perder a virgindade não dói nada. Quando eu transei a primeira vez, não senti nada e foi bem legal. Já minha namorada odiou, sei lá porquê...

CAMISINHA SUJA

“Dr. Lomma, sou fã da sua coluna e queria que o senhor me respondesse uma coisa: eu e meu namorado não ganhamos mesada e temos que contar os trocados pra comprar camisinha, só que elas não dão pro gasto. Um amigo dele disse pra gente reciclar elas. Dá pra fazer isso?”

Gê, de Jontequisilópolis.

Minha amiga Joana, o amigo do seu namorado está certo! Reciclar é a ordem do dia! E todos devemos fazer nossa parte para evitar o aquecimento global. Só não me pergunte o que camisinha tem a ver com aquecimento global que essa não é minha especialidade. E como dizia a minha avó: “Lavou, tá nova!”

MÃO CABELUDA

“Doutor, sou religiosa e li numa revista que quem se masturba fica vesga, com uma perna mais curta que a outra e pior, fica com buço de portuguesa! O meu problema doutor, é que eu me masturbo e tenho medo de que Deus me castigue com tudo isso. Mas eu também li numa outra revista que a ciência não comprova nada disso. É verdade?”

Maria Eduarda, de Cruzalta.

Minha filha, tudo isso são lendas criadas para reprimir as pessoas de atingirem seu potencial sexual e serem felizes durante sua estadia aqui na Terra. O problema é só depois, quando os masturbadores vão todos para o Inferno!


Jerri Dias usou o banheiro no consultório do Dr. Condy Lomma e contraiu uma DST.

sábado, 26 de março de 2011

COMO MATAR SEU NAMORADO – Crítica

Clique nas imagens para ampliá-las.

Sinopse

Garota adolescente e frustrada com a vida se apaixona por rapaz rebelde sem causa e juntos saem fazendo barbaridades Inglaterra afora.

Os autores


Grant Morrison é um dos escritores de quadrinhos mais criativos e malucos que você terá a oportunidade de ler em editoras tradicionais como a DC Comics. Autor de ASILO ARKHAM, a saga do HOMEM-ANIMAL e AS NOVAS AVENTURAS DE HITLER, Morrison, junto com Alan Moore e Neil Gaiman, compõe s Santíssima Trindade dos autores ingleses de quadrinhos.



Philip Bond começou a ser notado pelo grande público no final dos anos 80, através da revista DEADLINE. Seu traço claro e atento aos detalhes dos arredores da ação já serviu para dar vida a edições de TANK GIRL, HELLBLAZER e OS INVISÍVEIS.

A Graphic Novel

COMO MATAR SEU NAMORADO é um gibi dos tempos que correm. A ação do gibi e os próprios personagens remetem a filmes como ASSASINOS POR NATUREZA, BONNIE & CLYDE, VIOLÊNCIA GRATUITA.

A garota, frustrada com a escola, namorado, com os pais e com a vida, não tem um nome para ela porque o autor deve ter achado que como quase toda garota tem esse tipo de comportamento em algum período de sua adolescência, sua personagem seria mais um símbolo de (quase) todas as garotas de classe média do mundo ocidental capitalista: meninas sem objetivo e que, como diz a música de Cindy Lauper, “just want to have fun!”



Também não tem identificação o rapaz rebelde, que também serve de símbolo para a juventude inconseqüente e amoral do século XX e XXI.

Por isso, é praticamente impossível não se identificar com os dois personagens em alguns momentos, mesmo que seja só no nível do desejo de fazer algumas das coisas que eles fazem.

Mas longe de julgar seus personagens, Morrison e Bond apenas nos permitem acompanhar suas desventuras ao mesmo tempo em que não deixam de mostrar a sociedade falida que cria e mantém jovens e adultos frustrados e traumatizados num círculo vicioso sem fim.



A narração debochada e bem-humorada da garota, que como em CURTINDO A VIDA ADOIDADO, fala diretamente com o leitor sobre o que está pensando e o que está ocorrendo, confere ao gibi uma carga extraordinariamente leve ao tratar de roubos, assassinatos, terrorismo, insinuação à pedofilia, homossexualismo e incesto, entre outras coisas. Niilistas e hedonistas radicais, o casal de protagonistas faz o que quer, quando quer e não se importa com o que acontece com os outros e nem com eles.

Nas páginas finais, uma simples declaração casual do jovem rapaz torna a narrativa ainda mais irônica e mostra que os pecados da juventude podem sempre voltar para cobrar sua dívida.




No final, (nitidamente inspirado no filme MONTENEGRO) 10 anos depois, a garota, já casada e com filha, mostra que as coisas podem até mudar, mas que algumas pessoas não.


Interessou? Compre!

USADO

terça-feira, 22 de março de 2011

ATAQUE DE PÂNICO! - curta




Até dezembro de 2009, Fede Alvarez era só mais um publicitário uruguaio querendo ser cineasta.

Ele resolveu, então, convidar colegas para ajudá-lo em um projeto de curta para postar no You Tube e alguns dias depois do vídeo ser postado, ele já tinha centenas de milhares de acessos, recebeu um telefonema da Warner Brothers e duas semanas depois estava assinando um contrato pra fazer um filme de 30 milhões de dólares para o estúdio com produção de Sam Raimi, o diretor da trilogia do Homem-Aranha.

sábado, 19 de março de 2011

CAPRICHO 1017

Comer gatinhos vivos faz parte da campanha da cantora para chamar atenção para os maus-tratos aos animais domésticos.


Preocupado com o futuro incerto da cantora careca, decidi publicar aqui, minhas...

SUGESTÕES DE ESCANDÂLOS PARA BRITNEY SPEARS SE MANTER NA MÍDIA!


1. Marcar um mega show em São Paulo e no dia do show nem se dignar a levantar da cama!

2. Casar com o Michael Jackson!

3. Mandar criar um vírus nefasto de computador e assumir publicamente a autoria do crime!

4. Doar milhares de CDs encalhados do seu último álbum para mendigos sem-teto!

5. Fugir em disparada dos paparazzi, atropelar meia dúzia de crianças e não parar para prestar socorro!

6. Fazer uma dupla com Sinead O’Connor, a cantora-careca dos anos 80!

7. Fazer uma operação de sexo para virar homem e trocar o nome para Bratt Spears!

8. Ficar obesa!

9. Ficar anoréxica!

10. Posar nua para 100 revistas pornôs no mesmo mês!

11. Virar pastora picareta da Igreja Universal do Reino de Deus!

12. Gravar músicas com letras bem sacadas e espertas!

13. Se candidatar a presidência dos Estados Unidos!

14. Sair na porrada com a Paris Hilton!

15. Sofrer uma overdose de drogas dentro de uma clínica de desintoxicação!

16. Perseguir a Madonna até ser presa!

17. Ficar pelada, pendurar uma melancia no pescoço e subir num poste!


Jerri Dias acha que a Britney deveria entrar para o Jota Quest.


segunda-feira, 14 de março de 2011

ZDAY - DIA 19 /20 DE MARÇO

Poster de Kaishininjou.


O ZDay (Zeitgeist Day/Dia Zeitgeist) é um evento internacional que acontece uma vez por ano. Neste período (que na verdade costuma durar mais do que um simples dia) os membros do Movimento Zeitgeist pelo mundo organizam diversos tipos de eventos de divulgação em sua região.

O QUE É O MOVIMENTO ZEITGEIST?

O Movimento Zeitgeist não é um movimento político. Ele não reconhece nações, governos, raças, religiões, credos ou classes. Nossos entenderes nos levam à conclusão de que essas distinções são falsas e ultrapassadas, e estão longe de ser fatores positivos para o verdadeiro potencial e crescimento humanos coletivos. Suas bases estão na divisão do poder e estratificação, e não na união e igualdade – nossos objetivos. Embora seja importante compreender que tudo na vida é uma progressão natural, devemos também reconhecer o fato de que a espécie humana tem a capacidade de retardar drasticamente e paralisar o progresso através de estruturas sociais obsoletas, dogmáticas e, por conseguinte, em desarranjo com a própria natureza. O mundo que vemos hoje, cheio de guerras, corrupção, elitismo, poluição, pobreza, epidemias, abusos aos direitos humanos, desigualdade e crime, é o resultado desta paralisia.


Pode trocar o nome do Lula por quase qualquer político deste planeta que dá no mesmo.
Um sistema onde quase todos seus membros são corruptos não é sustentável.

Este movimento tem a ver com a conscientização em defesa de um progresso evolucionário fluido, tanto pessoal como social, tecnológico e espiritual. Ele reconhece que a espécie humana está num caminho natural para a unificação, oriundo de um reconhecimento comunal de compreensões fundamentais e quase empíricas de como a natureza funciona e de como nós, enquanto humanos, nos encaixamos/somos parte deste desdobramento universal que chamamos de vida. Embora esse caminho exista, ele infelizmente está obstruído e é desconhecido pela grande maioria dos seres humanos, que continuam a perpetuar modos de conduta e associações ultrapassados e, portanto, degenerativos. É essa irrelevância intelectual que o Movimento Zeitgeist espera superar por meio da educação e de ações sociais.

O objetivo é revisar nossa sociedade mundial de acordo com o conhecimento atual em todos os níveis, não apenas conscientizando sobre as possibilidades sociais e tecnológicas que muitos foram condicionados a pensar serem impossíveis ou contra a “natureza humana”, mas também para fornecer meios de superar esses elementos que perpetuam estes sistemas obsoletos na sociedade.

Uma importante parceria, da qual se originam muitas das ideias deste movimento, vem de uma organização chamada “Projeto Venus”, dirigida pelo engenheiro social e projetista industrial Jacque Fresco. Ele trabalhou por quase toda a sua vida para criar as ferramentas necessárias para auxiliar na concepção do mundo que poderia eventualmente erradicar as guerras, a pobreza, o crime, a estratificação social e a corrupção. Suas ideias não são radicais ou complexas. Elas não exigem uma interpretação subjetiva durante a sua formação. Nesse modelo, a sociedade é criada como um espelho da natureza, com as variáveis predefinidas, inerentemente.

O movimento em si não é uma construção centralizada.
Não estamos aqui para conduzir, mas para organizar e educar.


O que parece mais sem sentido para você?
Sua vida ou a forma como nossa sociedade é organizada?


Quer saber mais? Clique aqui.


Verifique aqui a programação em sua cidade, que pode ter uma data diferente.


PROGRAMAÇÃO – PORTO ALEGRE

DIA 19/03

Local: Usina do Gasômetro.

A abertura oficial do ZDay será às 15h, mas os membros estarão presentes no local a partir das 9h.

O evento é completamente gratuito e terá palestras, exibições de filmes e galeria de imagens do Projeto Venus, além da distribuição de DVDs e outros materiais.

Programação detalhada:

10h - Exibição de curtas
15h - Abertura oficial/Palestra O Movimento Zeitgeist
15h - Zeitgeist: Addendum (sala de cinema P. F. Gastal)
16h - Palestra sobre economia baseada em recursos
17h15 - Future By Design (sala de cinema P. F. Gastal)
18h - Palestra sobre educação
19h - Sessão de perguntas e respostas
19h - Zeitgeist: Moving Forward (sala de cinema P. F. Gastal)
22h - Festa no Passageiro59 (detalhes abaixo)

--

Para comemorar a realização do ZDay, estaremos realizando uma festa no Passageiro59, com shows de bandas e muita socialização. A festa começa às 23h e é aberta ao público, tragam seus amigos!

Local: Passageiro59 (Rua Santa Teresinha, 59 - Bom Fim)

--

DIA 20/03

Local: Usina do Gasômetro.

O evento terá palestras, exibição de filmes e galeria de imagens do Projeto Venus, além da distribuição de DVDs e outros materiais.

Programação detalhada:

10h - Exibição de curtas
15h - Palestra sobre o método científico
15h - Future By Design (sala de cinema P. F. Gastal)
16h - Palestra Evolução Natural x Evolução Consciente
16h45 - Zeitgeist: Moving Forward (sala de cinema P. F. Gastal)
17h - Palestra sobre economia baseada em recursos
19h - Palestra O Que Fazer
19h45 - Zeitgeist: Addendum (sala de cinema P. F. Gastal)
20h - Sessão de perguntas e respostas


Antes de poder cortar as cordas que te manipulam, é bom saber quem as está puxando...


Ajude a divulgar!

domingo, 13 de março de 2011

DAQUILO QUE NÃO FALAM – Blog Convidado

Esse é um blog escrito por três amigas: a Gabi Ferreira, Isis Purificação e Jéssica Trabuco. Pelo nome do blog, dá para ver que elas tentam ser o mais sinceras possíveis sobre o que pensam.

E se concordar comigo depois de ler o texto abaixo, visite o blog:

DAQUILO QUE NÃO FALAM




Amizades: você dá o devido valor as que tem?

Por Gabi Ferreira

Pense num amigo. O que vocês já fizeram juntos? Sobre o que já conversaram? Riram? Choraram? Brigaram? Falaram mal de outras pessoas? Ele sabe tudo sobre você? E você, sabe tudo sobre ele? Será mesmo?

É incrível a facilidade que nós seres humanos temos de nos relacionar com outras pessoas. Tá, minto, algumas nem tanto, mas não é por isso que elas deixam de criar uma relação com outras pessoas. Talvez essas pessoas com dificuldade tenham mais, digamos sorte nas suas relações porque elas "selecionam" com quem elas querem e podem ter um contato, mas isso não as blinda de caírem no poço da desilusão ...

Será que ao conhecermos uma pessoa, iniciarmos uma amizade com a mesma, subirmos ao nível de extrema confiança, posteriormente despencar de lá e se estabacar no chão é rotina para todas as pessoas ou só as mais trouxas, digo, privilegiadas do mundo?

Como saber em quem confiar? Como saber que aquela pessoa que você pensa que te faz bem não vai daqui a 2 minutos destruir a amizade como quem mata uma barata? Como fazermos para blindar os nossos sentimentos para evitar uma tremenda decepção?




Muitos pensam, e eu me incluo neste grupo de pessoas, que quando se inicia uma amizade é porque queremos alguém para confiar, para dividir as historias, os risos, os motivos de choro, as alegrias, é querer o bem do outro, aconselhar, proteger, cuidar enfim ... e em extremamente ultimo caso: machucar. Mas se é isso que muitos pensam, porque não é isso que acontece? Porque sempre há aquele "amigo" desgraçado que vai destruir sua autoestima, que vai fazer você pensar e repensar no que é amizade, em quem confiar e porque confiar?

À esses amigos traíras, infelizes, incoerentes, e porque não, filhos da mãe, eu desejo que vocês sofram o triplo do que fazem os outros sofrerem/chorarem. Que vocês paguem na mesma moeda e sintam-se extremamente arrependidos por tudo o que fizeram, e quando se arrependerem e forem pedir desculpas recebam uma bela de uma porta no meio da fuça para aprenderem a nunca mais brincar com o sentimento do outro!

quarta-feira, 9 de março de 2011

CAPRICHO 1016


Como tudo o que é bom, a CAPRICHO também acaba. Acaba? Não senhora, descubra aqui...

O QUE FAZER COM SUA CAPRICHO ENQUANTO ESPERA PELA PRÓXIMA!


1. Ler! Sim, ler. Pesquisas indicam que 42% das jovens são analfabetas funcionais e quando compram a CAPRICHO, compram só para olhar as fotos dos meninos e a seção de moda.

2. Tirar o grampo da revista e usar as páginas da CAPRICHO como papel de parede do seu quarto. Além de ficar com um look de danceteria alternativa, seu quarto vai manter suas amigas bem-informadas sobre moda, sexo e comportamento.

3. Enrolar e usar para bater na cabeça do seu irmão chato que vive entrando no seu quarto sem permissão!

4. Colocar de cabeça para baixo e tentar descobrir a mensagem secreta que dá direito a um encontro com o Felipe Dylon!

5. Emprestar para suas amigas, aí quando elas estiverem viciadas na revista, comece a alugar para elas para tirar um troco!

6. Colocar no banheiro para as visitas lerem! Todo mundo adora uma leitura rápida quando está soltando aquele barro.

7. Decorar a revista toda, para participar do concurso “Decore a sua CAPRICHO”, que mais cedo ou mais tarde alguém da redação vai bolar!

8. Reciclar para virar folha de papel em branco para usar no colégio. O problema é que uma CAPRICHO inteira deve dar apenas umas duas folhas de papel reciclado.

9. Dormir com a revista debaixo do travesseiro até a Fadinha da Capricho vir e trocar ela por uma CAPRICHO nova. Mas não esqueça de colocar 10 reais dentro da revista, pois entrega a domícilio com fadinha é mais caro.

10. Guardar até o ano 2050 para mostrar para as netinhas verem como a avó era maluca na época dela!


Jerri Dias empilha uma CAPRICHO em cima da outra.


segunda-feira, 7 de março de 2011

MEU SONHO – Crônica



Como disse Martin Luther King: “Eu tenho um sonho...”

O meu sonho, diferente do dele e bem mais egoísta, sempre foi o de voar.
Eu sei que não é exatamente o mais original dos sonhos, mas enfim, eu podia estar roubando, matando...
Bem, em meu sonhos, até onde lembro, já voei centenas de vezes.
Me lembro que isso começou na infância, entre os meus 7 e 10 anos, e eu tinha exatamente o mesmo sonho:

Estou parado na calçada em frente a minha casa e eu começo a correr em direção a uma outra calçada na mesma rua, mas com um degrau de diferença. Quando eu chego nesse degrau, eu não piso nele, eu simplesmente me jogo para a frente e começo a cair, como se tudo fosse real, até que a poucos centímetros de bater no chão, meu corpo pára em pleno ar e lentamente, eu começo a decolar como um avião, só que quase em câmera lenta. A minha rua onírica era idêntica a real, os prédios, as árvores, só não havia pessoas nem carros. Tudo absolutamente vazio. E lentamente eu subo até atingir determinado prédio e determinada copa de árvore. Sempre os mesmos pontos, sempre o mesmo sonho, durante anos.

Na minha infância, obviamente eu queria ser Superman e queria voar, mas não lembro de ter sonhado em ser Superman nem nada, apenas esse sonho onde eu lentamente me distanciava cerca de 100 metros da minha casa e nunca subia mais que 6 ou 7 metros de altura.

Um vôo bem frustrante, mas enfim, talvez isso significasse o meu medo de me distanciar da segurança da minha casa e dos meus pais. Talvez eu não ainda não estivesse preparado para vôos mais altos ;-)

À medida que os anos foram passando, as inseguranças infantis e adolescentes foram diminuindo e notei que meu domínio sobre meus vôos aumentava. Claro, isso varia muito, ainda tenho sonhos em que vôo em câmera lenta e próximo ao chão, mas na maioria deles eu tenho controle da direção, velocidade e altitude. Agora, tenho sonhos em que vôo a centenas de km/h (pelo menos é a impressão que tenho) e já cheguei no limite da atmosfera terrestre. Consegui ver o céu estrelado no meio do dia.

Agora é tentar atingir velocidade de escape para fugir da gravidade da Terra... ;-)
Eu aviso quando conseguir.

Mas enquanto eu sonho, tem gente que já voa. Assista o vídeo.





Por fim, uma dica para você lembrar melhor de seus sonhos: ao acordar, não pense em nada do que você tem que fazer, apenas concentre-se no que estava sonhando (quase sempre você está) e procure relembrar tudo. Isso ajuda a memorizar o sonho e a trazer de volta partes dele que você nunca mais lembraria se começasse a pensar em outras coisas, como levantar e escovar os dentes, por exemplo. Vale a pena ficar na cama um minuto a mais para isso.


Bons sonhos!


ENQUANTO ISSO...

275.000 VISITAS!

E vamos que vamos...

sexta-feira, 4 de março de 2011

quarta-feira, 2 de março de 2011

CAPRICHO 1015


Ninguém mais consegue desgrudar do celular, mas para tudo tem limite.
Então taí o...

MANUAL DE ETIQUETA BÁSICA PARA CELULAR!


1. Não atenda ligações quando estiver pulando de bungee-jumping, pois além de você perder todo o prazer do salto, na hora do efeito estilingue seu celular vai voar longe!

2. Fotografou um flagrante do namorado da sua amiga com outra? Para não passar por metida, confirme primeiro se eles não estão dando um tempo antes de enviar a foto para o celular da amiga traída.

3. Quando seu namorado ligar para discutir porquê você desencanou dele pela 5ª vez, não permaneça no cinema brigando com ele pelo celular.

4. Caso compareça a um funeral, troque seu ringtone “Festa no Apê” do Latino, por algo mais adequado para o momento.

5. Você está prestes a beijar aquele gatinho que você passou metade do ano cercando quando a sua melhor amiga liga. Não é de bom tom sair gritando para ela que você está pegando o fulano.

6. Não filme o seu irmão mais velho fumando um baseado e depois ameace colocar no You Tube e passar o link para seus pais se ele não fizer tudo o que você mandar.

7. Evite constranger uma pessoa idosa pedindo para ela acessar a agenda, ligar ou mesmo atender um celular. Elas não sabem como fazer e ainda são capazes de quebrar ele.

8. Evite fazer comentários ao celular sobre a gravidez recém-descoberta de uma colega do colégio quando estiver na fila da lancheria do colégio. Apesar de não parecer, todo mundo está escutando com o maior interesse e sua colega pode até estar tentando manter um certo segredo sobre o caso.

9. Pedir celular emprestado é como pedir a escova de dentes do próximo. Você nunca sabe em que orelha suja e cheia de cera aquele celular já passou.

10. Evite perguntar onde a pessoa está ou o que está fazendo quando ligar para ela. Você pode acabar escutando um: “Tô cagando!”


Jerri Dias adora responder que está cagando e andando.