quinta-feira, 29 de março de 2012

SHANNA – A MULHER-DEMÔNIO – Quadrinhos



Publicado no Brasil na revista MARVEL MAX (ed. 25 à 30), a minissérie SHANNA, conta a história de um grupo de militares perdidos em uma terra pré-histórica que encontram um complexo nazista dedicado a criar mulheres super-humanas. A única sobrevivente dos experimentos é Shanna, uma deusa loira de corpo perfeito graças ao sensual traço de Frank Cho, responsável pela arte e roteiro.

Em termos de argumento, a idéia é bem simples: bando de soldados e mulher super-humana tentando sobreviver em meio a constantes ataques de dinossauros. Os diálogos são convencionais e a narração em geral é redundante e com tiradas filosóficas profundas como as que se lêem no Facebook.

O que realmente vale a pena em SHANNA são os traços e a narrativa gráfica de Cho, que em alguns momentos resiste a ficar descrevendo ou comentando a ação e nos presenteia com belas seqüências visuais do mundo pré-histórico.

A sequência inicial, para dar um exemplo de que Cho trabalha melhor a pena do que o teclado, mostra um pé de cabra abrindo uma porta imersa na escuridão, homens entrando e descobrindo Shanna nua dentro de um tubo em posição fetal. Uma analogia a uma relação sexual e concepção tão discreta quanto engraçada.

E os leitores vão certamente concordar que Shanna é uma das heroínas mais opulentas dos quadrinhos nos últimos anos.



Compre no link abaixo.

MARVEL MAX – Edições 25 à 30.


Um comentário:

Junior disse...

Esses desenhos, contando estórias, são verdadeira arte, ao meu ver. Uma pena que muita gente em nosso país nem sequer é capaz de enxergar os valores que esse tipo de trabalho tem. Eu sempre gostei e vi valor nisso. Até aprendi a desenhar algumas coisas. Mas tive que renunciar a carreira de artista por causa da imaturidade cultural no meu povo.
Hoje trabalho como técnico de programação em computador e ainda confirmei q tb há muitos q não querem pagar o valor do serviço técnico, principalmente aquelas que nem têm ideia de como este serviço funciona e nem sabem do tipo de conhecimento q você precisou adquirir. Pra piorar, ainda tem aqueles manézinhos de papai que fazem alguns desses serviços de graça por aí, atrapalhando quem está querendo trabalhar para o nosso futuro. Infelizmente, isso ainda é realidade do nosso Brasil. Ainda... Espero que isso tudo mude.