domingo, 24 de janeiro de 2016

SATORI - Conto


SATORI

O sol do Grande Deserto era o maior de todos os sóis que já havíamos visto e sentido em nossas finas e secas peles. Ele nos falava da Terra Prometida e nos levava através de incontáveis caminhos. Nós nunca o questionávamos. Nós nunca nos questionávamos. Ele era o Mestre e assim como a areia segue o vento no deserto, nós o seguíamos. Para chegar ao Satori. E um dia Ele morreu. E ficamos parados no coração do Grande Deserto, enquanto nossas gargantas queimavam, nossos corpos secavam e nossas almas evaporavam.
 
Janeiro, 1990

Nenhum comentário: