domingo, 3 de setembro de 2017

POEMEUS

 David LaChapelle


VIDA URBANA

Estou só
A solidão é minha companheira
E almoço a morte
Todos os dias



O VICIOSO CÍRCULO DA LOUCURA

Louco
Eu fico louco
De tanto ouvir você dizer
Louco
Eu fico louco



BARREIRAS

A Evolução
É rápida como o vento
Mas nós criamos barreiras
Contra o vento

Nenhum comentário: