sábado, 23 de agosto de 2008

THE INTERNATIONAL PEOPLE’S COLLEGE - A FACULDADE INTERNACIONAL DOS POVOS

Eu, no pátio lateral do IPC (e da minha casa) em dezembro de 2005. Atrás tem uma quadra de esportes ao ar livre que não era muito usada nessa época....

Se você ainda não sabe o que quer fazer da sua vida, ou quer uma experiência única para toda a vida, ou já fez de tudo mas ainda quer mais, este post pode te interessar, especialmente se você tiver entre 17 e 65 anos (não, eu não errei as idades).

Você gosta ou gostava de ir à escola? Se você é uma pessoa normal, provavelmente respondeu não. Não que a escola seja um lugar tão horrível assim, mas é que sendo o objetivo principal da escola fazer com que você aprenda, nesse sentido a maioria das escolas falha miseravelmente, pois a maioria dos alunos só estuda o que vai cair na prova e esquece tudo logo depois. E se a escola consegue ter alguns professores bacanas que te façam gostar de estudar, você ainda tem que lidar com acordar muito cedo ou ficar à tarde toda na aula, sem falar nas provas, aulas lotadas, bullies, colegas chatos te julgando e analisando qualquer coisa que você faça ou diga, professores chatos, lei do silêncio, recuperação, repetir de ano e por último, a violência real que anda invadindo as escolas hoje em dia. Eu sempre achei escolas presídios em miniatura e o atual estado de ensino neste e em vários outros países só contribui para este meu ponto de vista.

O mesmo pátio, em junho de 2004. Dentro do campus da escola ainda tem um pequeno lago e um bosque com uma cabana utilizada por antigos estudantes que estão sempre passando por lá para revisitar a escola.

Graças a Palas Atena, deusa da sabedoria, nem tudo está perdido e escolas que ensinam de verdade e onde os alunos vão de livre e espontânea vontade existem. Escolas modernas com novos métodos de pedagogia e educação libertária existem já há quase 100 anos e a partir dos anos 60 elas proliferaram.

Uma dessas maravilhosas escolas é a The Internacional People’s College (IPC), onde tive o prazer de estudar um semestre em 1996 e em 2004 voltei para lecionar por um ano como professor estagiário.

Situada em Elsinore, Dinamarca, o IPC é uma escola voltada para a congregação de valores universais de fraternidade e conhecimento sem nenhum vínculo religioso ou político. A escola foi fundada em 1921, três anos após a 1ª Guerra Mundial, abrindo para alunos e professores de toda a Europa, numa tentativa de congregar pessoas do maior número possível de países para que elas vissem que seu vizinho, fosse ele alemão, francês, grego ou de qualquer raça, era tão humano quanto ele e que guerra deveriam ser coisa do passado. Isso parece óbvio para qualquer pessoa racional, mas se ainda hoje há milhões de pessoas que não acreditam nisso, imagine naquela época, onde o patriotismo era muito mais exacerbado. De lá para cá, a escola foi angariando mais e mais simpatia de pessoas e autoridades através dos anos e em 1996 o IPC foi eleito Embaixador da Paz pela ONU (uma bandeira no pátio principal marca o evento até hoje).

Pátio dos fundos do IPC. Daá pra ver a cabana no meio do bosque e o lago congelado. Esse prédio em primeiro plano são os quartos dos estudantes. Quando estudei ali em 1996, essa era a vista do meu quarto.

A escola só ficou fechada durante a 2ª Guerra Mundial, invadida pelos nazistas, que não gostaram nem um pouco daquele lugar pacifista e anti-racista.

Hoje o IPC conta com cerca de 10 professores (de dinamarqueses a cubanos) ensinando uma média de 40 matérias diferentes para cerca de 100 alunos com idades que variam entre 17 e 60 anos, vindos de 35 países diferentes, por semestre. Mas a grande maioria dos alunos tem entre 18 e 28 anos.

Saca só algumas das matérias (que mudam de acordo com os professores):

Banda de Música (para você fazer a sua própria banda de rock, folk, jazz ou seja lá o que você curtir)

Produção de Vídeos (Produza, grave e edite seus próprios filmes)

Fórum de Debate Mundial (Para entender o mundo em que vivemos)

A Vida e O Pensamento Asiático (dispensa explicações)

Esportes

Teatro

Inglês

Comportamento Intercultural (conhecendo e interagindo com outras culturas)

Estudos Latino Americanos (olhando para o nosso umbigo)

Informática e a Era Digital

O Castelo de Kronborg, onde se passa a peça HAMLET de Shakespeare, fica perto do IPC. Hamlet existiu de verdade. O castelo é uma loucura, mas o melhor são as catacumbas escuras típicos de filmes de terror.

Bom, tem muito mais cursos do que isso, mas já dá pra ter uma idéia. Agora vem o mais interessante. Tudo isso são aulas teóricas e práticas e na maioria delas, teoria e prática acontece ao mesmo tempo. Lá não tem essas de ficar ouvindo o professor falar durante intermináveis minutos com você quieto lá no fundo, até porque as turmas variam de 5 à 20 alunos, ou seja, não tem onde se esconder e sua participação é “exigida” na forma de trabalhos que mais parecem diversão, até porque fazer um trabalho de grupo com um inglês, uma chinesa, um mexicano e uma lituana que tem uma cultura tão diferente da sua não é a mesma coisa que você faz ou fazia com seus colegas de aula. Isso sem falar que você escolhe as aulas que quer ter (não gosta de acordar cedo, não precisa) e as únicas provas e testes a que você será submetido é quem faz mais pontos em ping pong ou quantas baladas você consegue ir na mesma semana. Sim, não existe nenhum tipo de teste. E no final você ganha um certificado com todos os cursos que você fez, o que conta muitos pontos no seu currículo, seja acadêmico ou se candidatar a um emprego. Aqui no Brasil as pessoas te olham com outros olhos quando você diz que estudou no exterior, acreditem.

Se você chegou até aqui você deve estar interessado(a) em como fazer para estudar nessa escola ou até achando que só ricos estudam lá e que você não tem a menor chance de estudar lá. Sendo de uma família de classe média baixa, eu também achava assim quando ouvi falar da escola. Eu estava enganado.

Esta é a minha amiga Mako, do Japão, vestida para o Dia Cultural do Japão. Todos os alunos tem um dia para apresentar coisas típicas e não-típicas do seu país. Eu sempre critiquei muito o Brasil por lá, mas também elogiava quando dava...

Bom, é claro que, apesar de acessível, o IPC não é barato, afinal estamos falando de uma escola dinamarquesa, um dos países “mais primeiro mundo” que existem. Mas digamos que você vai estudar numa faculdade em outra cidade, como muita gente faz. Aluguel, alimentação, transporte e mensalidade da faculdade vão te custar o dobro do que você gastaria lá. Só que lá você está num país estrangeiro, aprendendo inglês e mais uma dezena de cursos que você provavelmente nunca faria aqui. No IPC você mora, come, estuda, faz esportes e até baladas (sim, tem uma danceteria no porão) dentro da própria escola. Quase um Big Brother, mas sem câmeras e você sai à vontade

Quer conferir os preços para ver se é verdade?!

24 semanas = R$ 10.000,00 (não se assuste, continue lendo)

1 semana = R$ 420,00

Bom, essa é a duração do semestre na Primavera, no Outono dura menos e é mais barato. Mas você tem ainda a opção de escolher quantas semanas quer ficar, mas eu aconselho a tentar ficar todo o semestre, seja no Outono ou na Primavera, porque senão é aquela coisa, uns poucos vão embora e todos os seus amigos ficam. Evite isso à todo custo. Como eu disse, a escola acaba sendo como um Big Brother e 100 pessoas vivendo juntas o dia interio durante várias semanas acabam criando laços extremamente fortes de amizade e amor (sim, muitos casais se formam e desfazem, mas alguns até se casam).

Este é meu amigo Tom, da Inglaterra. Ele fez 18 anos lá e comemoramos com uma grande festa. Depois organizamos uma balada no porão chamada TOM & JERRY’S PARTY. Foi muito engraçado, até porque ele encheu a cara nos primeiros 30 minutos da festa e caiu duro.

Agora o grande lance, desde 1990, e ainda era assim em 2005, quando eu saí da escola, existe um desconto especial para estudantes de países em desenvolvimento, incluindo o Brasil. O desconto é de 50% e assim o preço fica em:

24 semanas = R$ 5.000,00

1 semana = R$ 210,00

Detalhe: você pede uma bolsa integral quando preenche a sua ficha de inscrição e aí eles te dão esse desconto. Se não pedir, não leva.

Claro que os preços variam de acordo com o dólar, mas pelo dólar de hoje é isso aí. Parece cara, mas comparando com tudo o que escola oferece, que além das aulas, é um experiência para toda a tua vida que te garanto, você vai lembrar com muita, mas muita saudade.

Claro, ainda tem as passagens, que não são baratas, mas que dá pra fazer em até 10 vezes e também uma graninha extra para você poder passear um pouquinho, mas tudo compensa em dobro e um pouco mais.

Eu queria falar milhares de coisas boas da escola, que as pessoas são bacanas, que tem telões de cinema na escola, que neva, que faz calor, que você anda de trem, que a comida é ótima e os livros custam a metade do que custam aqui no Brasil (em inglês), mas eu vou deixar esses e outros maravilhosos detalhes para que você me pergunte se estiver interessado(a) em saber mais ou mesmo estudar as melhores semanas das sua vida por lá. Te passo tudo o que eu souber e até o que eu não souber.

E visite o site para mais informações e fotos da escola:

IPC

Ott, da Estônia, eu e Koji, do Japão, na Noite Cultural do Japão.

Sayonara.

21 comentários:

MADE IN LIBERDADE disse...

imagine um cara de 60 com sua própria banda de rock...

Bell Bastos disse...

Nossa, que sensacional!

Meu sonho é um dia poder estudarem uma escola assim, onde existem várias matérias realmente legais, em que eu não preciso estudar pra prova e nem fazer trabalhos/testes. Enfim, poder estudar em um lugar onde eu realmente aprenda as coisas e não somente estude pras provas e no dia seguinte já esqueça de tudo.

Camila Siqueira disse...

Eu só tenho 16,mas tenho uma mente madura vai!
Eu realmente sonho em estudar em uma escola assim!

adoreii mais uma vez!

Mayara Gabriela ♪ disse...

p.s: esse teu amigo tom eh muito gatoooooooo! apresenta? ;#

cih disse...

Poxa que legal,não que eu seja uma alienada mas não imaginava que realmente existisse um escola assim,obrigada pela informação!
Beijos!
http://sweeet.zip.net

MADE IN LIBERDADE disse...

naum consegui assistir o filme, passa muito tarde aqui onde eu moro... vou tentar comprar um pirata ;D

Liih disse...

Imagina que massa estudar num luga desses! Uia!
P.S: jerri, é a primeira vez q passo aki, mas ñ a primeira q te leio na capricho. continua escrevendo lá! adoro seu senso de humor.Seu blog é ótimo!

Anna Clara disse...

jerri, eu ainda ñ li esse post pq eu tô sem tempo, ou seja, estudando q nem LOUCA!
hauahuahauahu
Só passei aqui mesmo para dizer q te acho o máximo e sempre q compro a capricho a sua coluna é a 2ª q eu leio!
tá ñ fique com ciúme da Lili (pq é o desneurando-se q eu leio 1º)hauahuahauhaua
Mais tipo, vc é mtu demais!
ah, tenho 15 anos só e seus textos já me tiuraram do "buraco" uhauahauahuahau

;**

MADE IN LIBERDADE disse...

ah... eu queria ter ido na Noite Cultural do Japão...

MADE IN LIBERDADE disse...

esse castelo de Kronborg parece Hogwarts... to zuando kkkkk

! Damy * disse...

Poxa Jerri, muito me interessa saber mais sobre a IPC, Tô fazendo publicidade, termino ano que vem já! De inglês só sei o básico, tem que ter fluência da língua? E tem que passar por algum teste antes?

Jerri Dias disse...

Anna Clara,

Fico feliz que tenha te tirado do buraco tantas vezes. Essa é a mlehor coisa de se fazer humor, fazer as pessoas rirem um pouquinho.

Apareça sempre.

thais disse...

oiee

entao jerri esse pre�o (5.000)ele inclui passagens de ida e volta?
ou nao?
livros,comida e estadia(cama mesa e banho) sao inclusos nesse pre�o?

eu falo ingles muito basico,valeria a pena ir mesmo assim??? pq?

se puder responder ficaria muuuito grata ;D um beijaaao!

juliana disse...

ahhhhh,seria taao bom estudar em um lugar assim *-*
é meu soonho

Kitty disse...

eu já tô doida pra fazer intercâmbio e tu me vem com um post desses? Adorei essa escola...super eu! kkk quando fizer 17 vou tentar convencer minha mãe :P

Jerri Dias disse...

Thais, fica meio complicado te explicar tudo isso sem saber se tu vai voltar aqui pra ler. Caso passe, deixe teu e-mail, pois não dá pra acessar o teu blog.

Marina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tiffany disse...

Jerri, tenho as mesmas dúvidas da Thais. O que está incluso no preço? Conte-me tudo!
Fiquei bem interassada e pretendo ir com o namorado quando terminarmos a faculdade.

Se achar melhor responder por e-mail, é tiffanyrossi@gmail.com.

Anônimo disse...

Oi! Bem, eu achei muito interessante tudo isto da Dinamarca! Então, eu queria saber se um intercâmbio de inglês por um mês agora em julho mais ou menos. Quanto ficaria em real? Por gentileza será que você poderia responder ao meu e-mail? Meu e-mail é: yasmine.goncalves@yahoo.com.br
Obrigada!

mana disse...

Olá sou marinês, e estou muito interessadfa em estudar no ipc, mas gostaria de saber se tenho que saber falar o idioma para poder estudar nesta escola, poi tenho um pouco de conhecimento.
aguardo respostas
marinês
marysouza@pop.com.br

roger disse...

Bacana ter descoberto o IPC no Facebook e parado por aqui!
-É tudo o que Jerri falou!
Estive por lá em 1989, e posso dizer que o virus do mundo tomou minha conta!
Fiz de agosto a dezembro, peguei a queda do muro de Berlin e o fim da revolta dos estudamtes na China, com alguns dos 'próprios envolvidos' refugiados entre nós! Um professor estoniano ainda sendo vigiado pelo governo...
-Ou seja uma vivência inacreditável, 21 nacionalidades e 85 pessoas...
Hora destas faço um 'revival' por lá!