domingo, 17 de maio de 2009

SOUVENIR IRAQUIANO - Crítica


O AUTOR

Robinson dos Santos é um escritor carioca residente em Florianópolis (SC).
Abandonou a carreira das forças armadas em Agulhas Negras para estudar comunicação social na Universidade Federal do Paraná. Passou então, a trabalhar com ficção em vídeo e cinema, escrevendo o argumento do curta-metragem ATRAÍDOS (Clique para assistir: Parte 1 / Parte 2). Também trabalhou com publicidade e jornalismo. Tem dezenas de crônicas publicadas em jornais e revistas.

SINOPSE

Um coronel iraquiano, um agente da CIA e três ex-militares brasileiros tentam se apoderar de um tesouro histórico descoberto nas fundações de uma usina nuclear no meio do deserto iraquiano na iminência da Guerra do Golfo de 1990. E eles não estão trabalhando juntos...

A OBRA

A literatura brasileira não costuma entrar no misterioso gênero da espionagem, assim como da ficção-científica, horror e fantasia. Claro que existem diversos autores brasileiros escrevendo nesses gêneros, mas a maioria desses autores permanecerá inédita nas grandes editoras. Muitos dirão que esses gêneros estão distantes da realidade brasileira, são gêneros menores ou mesmo alienados. Não poderiam estar mais enganados ou serem mais preconceituosos.

Robinson dos Santos, exibindo a ousadia de um verdadeiro espião, decidiu escrever um livro de espionagem, algo raro e temeroso no mercado editorial brasileiro. Inspirado em fatos reais, a trama entrelaça os atos e os destinos de personagens perseguindo um mesmo objetivo, mas alheios à presença um do outro. Cada qual usando seus métodos; a trapaça, a autoridade e a espionagem; buscará a recompensa final, que de modo algum significa o melhor para o seu país. Pelo contrário, remando contra muitos livros do gênero, onde pelo menos um dos lados luta por uma ideologia ou por vidas inocentes, os personagens de Santos lutam somente por si ou por suas famílias, o que faz com que o leitor se identifique e sinta empatia pelos personagens muito mais rápida e eficientemente do que o faria com um super-agente secreto qualquer.

O estilo moderno, com sentenças curtas e diálogos coloquiais, aliado a mudanças alternadas de cenário e personagens que vão se interconectando aos poucos, lembra o roteiro de um filme e quase como tal ele se desenrola na mente do leitor. Espero que em algum futuro breve um produtor e um bom diretor se interessem por esse livro, que certamente tem tudo para ser um ótimo filme.

E como todo bom livro de espionagem, o autor relaciona fatos históricos e políticos da recente história brasileira: o bom relacionamento dos militares brasileiros com o governo do ditador Saddam Hussein, a hiper-inflação brasileira, a operação Tempestade no Deserto e até o infame ex-presidente Fernando Collor de Melo em uma cena que lhe serve de crítica.

E pra citar mais um dos motivos pelos quais livros de espionagem e ficção-científica são raros no Brasil é porque, um bom livro do gênero, demanda uma pesquisa em áreas as quais a maioria das pessoas não tem interesse e nesse ponto percebe-se o esforço e o trabalho de Santos em dar ao leitor o maior número de informações para situá-lo de volta ao Brasil e ao Iraque dos anos 90.

Para quem se diverte lendo autores como Tom Clancy, Robert Ludlum e outros, SOUVENIR IRAQUIANO é entretenimento garantido.

TRECHO

“Fahed e Luciano se assustam com um disparo. Um soldado terminara de matar um dos ladrões de relíquias, que ainda se movia. Fahed grita algo em farsi. Luciano entende a ladainha do soldado, desculpando-se por ter matado talvez a única pessoa que poderia ter sido interrogada. Como o oficial sabia que as chances do moribundo chegar com vida a algum hospital eram remotas, não estende a “mijada”. Quem se importaria?”

ONDE COMPRAR

Com o próprio autor, através do e-mail: souveniriraquiano@gmail.com


E LÁ NO SITE DA CAPRICHO...

O site está passando por modificações desde a última quarta-feira e todos os posts estão aguardando liberação da chefia. Assim que eu receber o sinal verde, volto a postar.

MISSION: IMPOSSIBLE – Limp Bizkit

A trilha desse post é a banda Limp Bizkit com sua versão do tema do filme MISSÃO: IMPOSSÍVEL 2. Uma banda que teve seus bons momentos na virada do século e que vale a pena escutar.

17 comentários:

Lina :) disse...

Nestes últimos dias procurei pela literatura brasileira contemporânea, por curiosidade, acho.
Acabei lendo um livro da Cíntia Moscovich, que gostei muito.
É uma tremenda injustiça que nós, brasileiros, tenhamos preconceito para com os nossos próprios escritores, que esbanjam talento e na maioria das vezes estão ocultos.

Beijos, Jerri.

Adrienne disse...

muito boa a múscia mesma, qndo acessei me senti numa missão impossível!
kkkkkkkkkkkkkkk

bjs Jerri

PS:leia o meu blog!

Pirulito que Bate-Bate disse...

Fiquei curiosa pra ler o livro. E sobre a midia falar que não faz parte da realidade brasileira, faz sim. Tem tanta corrupção bem na frente deles e à opinião ainda é essa. E normalmente não tem mesmo muitos livros sobre espionagem no Brasil. Acaba que os livros americanos do genero acabam reinando pelo assunto por aqui.
Beijos!

Curte coisas pra PC/programas?
http://blogdodevilz.blogspot.com/

•ЄмιLэ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
•ЄмιLэ disse...

Nossa Jerry amei esse livro, concordo com você eu adoro filmes E LIVROS assim de espionagem e agente só ver livros americanos traduzidos, eu acho legal ele ter se revelado um ousado, quem diria um livro Brasileiro, amei e vou pedir grana pra papis comprar! hahah, Adorei mesmo muito interessante, você postou um pouco ali eu queria ver mais, ain vou devorar ele quando comprar beijos!
;D

Bibiana disse...

A rbs irá lançar um novo seriado ''Família Brasil''.Foi vc quem escreveu?

•ЄмιLэ disse...

jERRY PORFAVOR VISITA MEU BLOG? BOMENTA SE TIVER HORRIVEL FALA MESMO SE GOSTAR DE UM GRÃO DIZ PLEASE??! TEADORO O CARAMAIS LINGUA AFIADA DA CAPRICHO!

Tamires Jardim disse...

Jerri to vindo la do site da capricho,fica assim não quando fizer 8 anos de Capricho nós leitoras vamos fazer uma festa pra voce!
bjos!

Anônimo disse...

votei em você!!!

•ЄмιLэ disse...

CONCORDO TAMY

Sabrina Vaz disse...

Jerriiii
Putz, mais um pra minha lista infindável de livros! Será que um dia eu consigo ler todos??
Vamos que vamos!


Abraço!

Psicodellicuss Girl disse...

Obrigada pela dica!
Beijos!

Mundo Cólica disse...

Opa me interessei pela dica!!!livro de espionagem brasileiro merece atenção!!!Tambem fico puto quando vejo caras talentosos assim sem muita divulgação,quando li "Os Sete" do André Vianco fiquei um pouco puto por só descobrir ele,porque vi na livraria,poxa não tem divulgação quase que nenhuma!!!e da de 10 a 0 no crepusculo.


http://listenbeforeyoudie.com/ esse site é muito bom,naquele site que eu botei no blog,consegui fazer os downloads...nesse não tem jesus de chamberi mas tem outro disco do Mago que é MUITO BOM!!!que é todo em homenagem a Dom Quixote,sem contar q só tem banda boa de metal ai!Espero que curta!!!


ASS:Targino

'cary. disse...

aaaaah, eu queria comentar no post do tubarão, mas meu PC não ajudou muito ISOAUODIUASIDU, eu amo ler e adoro esses livros de espionagem: são emocionantes!
aaaai, visita o meu blog e comenta. FALA A VERDADE PRA MIM, PRA SABER SE ESTOU OU NÃO NO RUMO CERTO :D

Adolescente em Crise disse...

Voteii em tii
olha fica assim não tá?!!
eu li sua materia
eles não comemoraram porque eles tem inveja de tii

Profana! disse...

Olá Jerri, vc anda sumido hem! Dou aula de Literatura Brasileira para turmas de Terceirão e Cursinho. Não ouvi falar deste autor ainda, e olha que todo final de semana visito livrarias de Floripa com minha filha ( A Bia do Pirulito que bate bate). Gostei do enredo, vou procurar. O fato é que as pessoas perdem tempo com leituras vazias, tipo Paulo Coelho e pensam que estão atualizadas com o melhor da LB. Tem uma livraria aqui que tem sempre novidades, a Livros e Livros,que fica no Centro de Floripa, vou procurar.
Ah , gostei da sua coluna da última Capricho, "namorada perfeita é ..., rs, rs," Muito boa a coluna desta semana.
Abraços!

robinson pereira disse...

Olá Jerri, tudo bem? Obrigado pelo comentário sobre meu livro.
Para quem tiver interesse no livro (e em outras obras minhas) basta um pulinho no meu bolg: http://www.souveniriraquiano.blogspot.com/