domingo, 31 de maio de 2009

VISITA AS MISSÕES DE SÃO MIGUEL

A Missão de Santo ângelo. Ela é bem maior por trás da fachada...

Dia 23 e 24 de maio estive numa excursão para as ruínas das Missões de São Miguel. Eu e a Xanda ganhamos ela de presente dos pais dela. Junto conosco foram a Vivian, irmã da Xanda e o Sérgio, marido dela.

Como era uma excursão de fim-de-semana, acordamos às 4:00 da manhã pra pegar o ônibus às 5:00. Ao meio-dia chegamos no belo Wilson Park Hotel em São Miguel, com boas acomodações. Pra minha sorte, consegui dormir a maior parte da viagem de 7 horas e não estava cansado como a maioria.

Depois de um almoço horrível (sim, o almoço do hotel parecia ter sido feito por alguém que nunca tinha cozinhado na vida), dirigimo-nos para as ruínas, que é um campo gigantesco, pois até meados do século XVI, os jesuítas viviam lá com quase 5.000 índios guaranis, no que parecia ser um local de relativa harmonia, descontando o fato de que os jesuítas estavam lá pra aculturar os índios à religião e modos europeus e consequentemente, torná-los mais dóceis pro Império Espanhol, que naquela época era o dono daquelas terras.

Mas em 1750, com o Tratado de Madri, aquela região foi incorporada a Portugal e foi ordenado que todas as Missões deveriam ser evacuadas. Os jesuítas e principalmente os índios, habitantes originais daquelas terras, não aceitaram. Depois de muitas negociações fracassadas, eclodiu a Guerra Guaranítica, onde os exércitos de Espanha e Portugal enfrentaram dezenas de milhares de índios.


A guerra durou 2 anos (1754 – 1756) e no fim, como você deve imaginar, quase todos os índios estavam mortos, incluindo mulheres e crianças.
Ironia cruel do destino: Na época, os jesuítas haviam pedido 3 anos de prazo para se mudarem e isso lhes foi negado porque o governo tinha pressa. A intenção em acabar com as Missões era justamente para permitir o repovoamento daquelas paragens por portugueses, coisa que só viria a acontecer mais de 50 anos depois do massacre. Triste notar que as atitudes imbecis e psicopatas dos governos mudaram pouco de lá pra cá.
Para ter uma idéia, hoje em dia São Miguel tem apenas 7.000 habitantes, apenas 2.000 a mais do que 250 anos atrás.

Já em relação às ruínas, elas são bem maiores do que eu imaginava. E é de espantar que as pessoas tenham feito toda aquele estrutura numa época onde não havia cimento, caminhões e nada das facilidades atuais. E ainda assim eles faziam prédio e igrejas mais bonitos que os de hoje. Uma pena que vândalos, gente que não tem o menor respeito pelo esforço e pelas vidas que se perderam para que aquilo fosse construído e mantido, risquem as fundações com seu nomes, numa tentativa patética e idiota de entrar para a História pela pior via possível.

Saímos de lá e fomo comer numa excelente padaria, provavelmente a melhor da cidade, que segundo fofoca da nossa guia, era de propriedade de uma mulher que casou com um ganhador da Mega-Sena. E com medo de uma janta pavorosa a caminho, o pessoal encheu o bucho de salgados e doces.

Á noite retornamos para um belo espetáculo de som e luzes, onde no meio do campo escuro e sob um céu brilhante de tantas estrelas, assistimos e escutamos uma simples mas eficiente dramatização da história do local. Com as vozes de Fernanda Montenegro e Lima Duarte, entre outros. Mas o céu estava tão lindo que eu fiquei metade do espetáculo olhando para as estrelas.

Já na janta, o cozinheiro do almoço deve ter sido despedido e trocado por um melhorzinho, pois a refeição já dava até pra repetir.
E o café foi ainda melhor, o que não era mais do que a obrigação, pois todo mundo sabe que a melhor refeição de um hotel é sempre o café da manhã!

No hotel tinha muitas corujas lindas!

Na volta para casa, conhecemos o seu Menezes na antiga estação ferroviária de Santo Ãngelo, agora um museu dedicado ao Luís Carlos Prestes. O seu Menezes foi telégrafo da estação e foi com grande entusiasmo e paixão que ele falou da época em que a estação funcionava. Foi a melhor aula de História de toda a excursão.

Dali passamos numa pequena mas deliciosa fábrica de chocolates artesanais, onde fomos atendido pelo simpático proprietário pessoalmente. Compramos horrores de chocolates, praticamente uma nova Páscoa!

A volta foi um pouco mais devagar, pois não consegui dormir e só li dois contos do THE KISS, um livro húngaro que estou lendo atualmente.

Aí apagaram as luzes pro pessoal assistir TV e colocaram uma cópia pirata de X-MEN 3 dublado pra passar. Como o filme é ruim mesmo, assisti, mas acho que o DVD estava ruim, pois trancava em alguns momentos e no grande final, o DVD simplesmente pulou uns 5 minutos e foi bem pro finalzinho, quando tudo já tinha acabado. E alguém ainda pediu pra desligar durante os créditos e ninguém viu o final surpresa, hehe.

Saldo da viagem: as ruínas realmente valem a pena, mas o ideal mesmo é ficar uns dias a mais pela região pra poder conhecê-la melhor, pois estou certo de que ela tem mais atrativos. E claro, não almoçar no Wilson Park Hotel. Mas se você mora perto e ainda não foi, o que é que está esperando?

E se quer saber mais, joga no Google ou assista o belo filme A MISSÃO, produção americana com direção de Rolland Joffé, com Robert De Niro e Jeremy Irons.


MOBY – Lift Me Up

E lá no fim da página você assiste esse empolgante clip desse baixinho careca vegetariano que é um dos melhores compositores de música techno do mundo. E além do mais ele é um cara muito generoso, pois já fez shows de graça no Brasil e liberou diversas músicas suas pras pessoas usarem em seus filmes sem terem que pagar. Eu adoro!

20 comentários:

Joy disse...

Sobre o carequinha no fim da página!!
Muito bom! Gostei da música!!
E... quanta generosidade, mas também é uma publicidadezinha boa fazer trilha pra filme, não?!

bjs

Ana disse...

Jerri amo seu blog!!!
Os posts sao tds mts lgls!!!
Entra no meu blog pf???
*Bjs*

Luh disse...

Oi....leitora santo angelense, apaixonada por cultura gaucha, e historia sul-riograndense. Só uma observaçao...As ruinas ficam em Sao Miguel das Missoes, em santo angelo ficam a Catedral Angelopolitana, uma releitura das ruinas, e o menorial Coluna Prestes. Nao sei se voce teve a oportunidade de fazer a rota Missoes, essa sim passa pelas sete reduçoes contruidas no segundo ciclo de das missoes espanholas, em territorio brasileiro, tambem seria legal se voce falasse um pouco das outras reduçoes que se localizavam na argentina, uruguai e paraguai. quando voce estiver por aqui de novo, manda um e-mail, posso te apresentar a Entidade Tradicionalista de que eu faço parte, e te mostrar um pouco da cultura tradicionalista do RS.
=D

Sabrina Vaz disse...

Adoro corujas...

cara que legal saber que ele é vegetariano! Eu tbm sou... ^^
Lift me up... gostei


Beijjoo

Adrienne disse...

cara, sinto muito pelo almoço! mas realmente parece ser encandor o lugar para estudar a sua história! Pena q vándulos malditos tem q estragar obras de arte. É... se ainda tiver dos chocolates, manda um aí, sabe, é q eu moro muito longe, nem rola pra ue ir lá comprar.

beijo beijo

Joyce disse...

Oi Jerry!!! Adooorooo seu blog, serioo, é perfeitoo!!

Beijo, e deipos passa lá no meu please, okay?

Psicodellicuss Girl disse...

Aii esse passeio parece ter sido interessantíssimo. Dá outras dicas de viagens legais, ok!
Beijos!

Juúh " ) disse...

eei jerri!! nossa! muuito obrigada por ter passado no meu blog! achei q isso nunk isso ia acontecer! =D e de nada pelo selo! ;D
ah! tomaara meesmo q de pra reverter esse quadro da diabetes! eu ainda n tomei coragem pra fazer o exame! ;x

Beeijos!! [ps: o nick tem sim diabetes ;D]

Carlos Ferreira disse...

Bela viagem, Jerri!
Estou com o teu texto para ler e vou agora que retornei e a correria da Picabu foi para outra esfera.
Voltei de Buenos Aires na segunda para terça, agora estou recomeçando as coisas aqui. Foi um sucesso lá no festival e muitos contatos foram feitos!

Abraço.

Paulaa ~ • disse...

Ah Jerri sobre meu blog estar morto :x pior que ele morreu mesmo heauehuaehuaehuae... ah tenhu que te contar uma novidade MARA *-*, meu professor de faculdade disse que eu sou ótima para fazer contos, pq eu fiz um para um trabalho que ele pediu e a galera da sala amou meu conto, dai eu tive que fazer a segunda parte fora da faculdade pq insistiram muito :D Fico bem legal. Como eu faço pra mandar pra vc ler? paulinha-futsal-10@hotmail.com me add no meu msn pode ser ? Juro q guardo segredoo :x

Beeeeijos e Obg pelas dicas sobre o Blog *-*

Juh Lima disse...

Nossa, Jerri, que mágico! Sou apaixonada por História e aprendi muito, lendo o seu post! *o*
Deve ter sido uma passeio muuuito bom! :)
Beijocas :*

jgossipgirl disse...

Oooow! Muito mais útil do que minhas aulas de história.
O lugar deve ser lindo mesmo, e esse negócio de massacre foi uma tremenda estupidez. Mas naquela época era comum essas antas no poder.
Adorei o post e as fotos.


Beeeijos! =*

Pri disse...

nossa, esse passeio deve ter sido super interessante.

bjs

Pri disse...

nossa, esse passeio deve ter sido super interessante.

bjs

Pri disse...

nossa, esse passeio deve ter sido super interessante.

bjs

Vanessa. disse...

Já fui aí e é bem interessante mesmo.
Só acho que o show de luzes não tinha as vozes de famosos, ou eu não me dei conta. Lembro que eu me assustava com os gritos do Sepé e com aquela voz "Queem vem láá?" ou algo assim, hahahha!

Kitty disse...

Nossa...pelo relato, apesar das presepadas, a viagem parece ter sido bem proveitosa...sou louca pra conhecer as Missões, mas ainda não tive a oportunidade...minha mãe já foi, quando ainda estava na faculdade (ela é formada em História)..

E respondendo o teu comentário, sempre que eu posso eu tô na cola dos artistas que eu gosto..tô sempre indo a shows, me informando, em contato...como diria aquele carinha que é hit no youtube: "atoooron!"
Nossa, lembrei de ti quando passou o comercial do Peter Murphy na época do show..e não consigo te imaginar em camarim, tietando (no bom sentido da palavra) e tirando foto, não sei por que..hahah mas enfim, legal que tu conheceu ele..e realmente, nos casos de artista internacional, só com QI (Quem Indica) pra conseguir camarim. Eu agora até tenho credencial da Ilhabela, por causa do projeto das Queens, que eu faço parte..mas nem sei se consigo alguma coisa nesses casos. E aqui em Pelotas não adianta muito...só se eu fosse pra Porto, onde os shows bons acontecem (inclusive, tô de luto por não ter ido no McFly..hahah)
Então...eu tinha essa dúvida sobre o contador, mas hoje ele atingiu 100 visitas e acrescentou mais um box..agora eu sei! HAHAHAHAH :P Mas nem sei a partir de quanto eu comecei a contar..creio que a partir de 10.

HAHAHAH ciência dos super-heróis? Deve ser bem interessante. Eu adorei o do House...e agora tô mais interessada por ciência mesmo, tô louca pra comprar um de ficção...se não me engano o nome é "A Última Teoria de Einstein"..vi numa livraria aqui e me interessei.

Beijo!

MandY disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MandY disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MandY disse...

Jerri tbm é cultura, o post foi uma verdadeira aula de historia sul-riograndense.

Detalhe que o hotel que vc ficou era ecologicamente correto, usa lampadas fluorescentes [/ignore 'rs

bjo