quinta-feira, 25 de março de 2010

ESPÉCIME Nº 3 - Conto



Pesquisador PSICObioeconomista ATREX classe 23 iniciando relatório 00002 referente ao eSPÉCIME nº 3.

O ATUAL ESPÉCIME, APESAR DE SER O TERCEIRO CAPTURADO, DIFERE DOS DOIS ANTERIORES, AO PRIMEIRO EXAME OCULAR, NOS ASPECTOS FÍSICOS. SALIENTO AS DUAS PROTUBERÂNCIAS PEITORAIS QUE INEXISTEM NESSE ESPÉCIME E A EXISTÊNCIA (INEXISTENTE NOS ANTERIORES) DE UM PEQUENO TENTÁCULO ENTRE OS DOIS MEMBROS LOCOMOTIVOS. PARECE TRATAR-SE DE UM ORGãO VITAL, VISTO QUE O ESPÉCIME PROCURAVA PROTEGÊ-LO COM SEUS MEMBROS SUPERIORES ENQUANTO EMITIA ONDA SONORAS RELATIVAMENTE ALTAS COM SUA CAVIDADE FONÉTICA. NOSSOS LINGUISTAS ESTÃO PESQUISANDO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL PARA DECIFRAR OS FONEMAS DESTA ESPÉCIE. eMBORA POSSAMOS JÁ TRANSCREVÊ-LOS, SEU SIGNIFICADO E PRONÚNCIA NOS SÃO DESCONHECIDOS. NO MOMENTO DE SUA CAPTURA O ESPÉCIME EMITIU AS ONDAS SONORAS “MEU DEUS” E “SOCORRO”. ESSAS ONDAS SONORAS JÁ FORAM REPETIDAS PELOS DOIS ESPÉCIMES ANTERIORES, O QUE LEVA NOSSOS LINGUISTAS A ACREDITAREM QUE SE TRATA, TALVEZ DE UMA ESPÉCIE DE SAUDAÇÃO, COMO NOSSA ESPÉCIE REALIZAVA QUANDO ERA CAPTURADA POR OUTRAS. MAS ISSO AINDA ESTÁ SENDO ESTUDADO. DE VOLTA AO ESPÉCIME...

APÓS ALGUM TEMPO, O ESPÉCIME nº 3 RETRAÍU-SE NO CANTO ESQUERDO DE SEU COMPARTIMENTO AMBIENTALIZADO, PASSANDO A TER OCASIONAIS TREMORES ESPASMÓDICOS ACOMPANHADOS DE SAÍDA DE FLUÍDOS VITAIS PELAS CAVIDADES OCULARES. FASCINANTE...

MAS ERA CHEGADO O MOMENTO DE ESTABELECER CONTATO OCULAR INTÍMO COM O ESPÉCIME, JÁ QUE O PROCEDIMENTO PADRÀO DE OBSERVAÇÀO ESPECTOGRÁFICO JÁ HAVIA ESGOTADO SUAS POSSIBILIDADES.

A MINHA ENTRADA, COMO JÁ ERA ESPERADO, CAUSOU MAIS TREMORES, UM AUMENTO DAS CAVIDADES OCULARES E UMA ONDA SONORA EXTREMAMENTE ALTA POR PARTE DO ESPÉCIME. MINHA FISIOLOGIA EXTERNA O ASSUSTAVA, PROVANDO MAIS UMA VEZ QUE O SENSO ESTÉTICO DESSA ESPÉCIE É PRIMITIVO E TÍPICO DE CONSCIÊNCIAS PRECONCEITUOSAS.

DANDO INÍCIO AO RELATÓRIO ANATÔMICO COMPARATIVO FISIOLÓGICO EXTERNO:
DIFERENTE DOS OUTROS DOIS ESPÉCIMES, Nº 3 POSSUI MUITO MAIS FIBRAS, SENDO ESTAS MAIS EVIDENTES NOS MEMBROS LOCOMOTIVOS E NA REGIãO PEITORAL. já na sua extremidade superior, embora possua mais fibras espalhadas por toda a superfície, no topo da mesma as fibras são menos abundantes e longas que nas dos dois espécimes anteriores. poderia isso ser uma indicação de inteligência? os dois espécimes anteriores eram mais serenos.

EMBORA SEJA DA MESMA ESPÉCIE, COMO REPORTADO ANTERIORMENTE, ESTE ESPÉCIME EM PARTICULAR DIFERE DOS OUTROS DOIS POR POSSUIR OU DESPOSSUIR DADOS ANATÔMICOS VERFICADOS NOS DOIS ANTERIORES. inicio agora sua descrição: a primeira diferença evidencia-se na EXISTÊNCIA DE UM PEQUENO TENTÁCULO ENTRE OS MEBROS LOCOMOTIVOS QUE SÓ NOS LEVA A UMA CONCLUSÃO; trata-se de um orgão de engatamento. OS OUTROS DOIS ESPÉCIMES POSSUÍAM CAVIDADES NO MESMO LOCAL ONDE ESSE POSSUI UM TENTÁCUL O QUE PODERIA SIGNIFICAR QUE ESSA ESPÉCIE PODE FUNDIR-SE COM SEUS RELATIVOS.. a EXISTÊNCIA DE CAVIDADES TRASEIRAS DEMONSTRAM QUE A FUSÃO É POSSÍVEL TAMBÉM ENTRE OS POSSUIDORES DE TENTÁCULo. E OS ESPÉCIMES QUE SÓ POSSUEM CAVIDADES? COMO SE FUNDIRIAM?
OS MEMBROS SUPERIORES POSSUEM TENTÁCULOS RETRÁTEIS EM SUAS EXTREMIDADES QUE PODERIAM SERVIR RELATIVAMENTE PARA A FUNÇãO DE FUSÃO. MAS QUAL O MOTIVO? TRATAR-SE-IA DE UM ORGÃO DE COMUNICAÇÃO? AS CAVIDADES FONÉTICAS APARENTAM UM MAIOR GRAU DE PRATICIDADE EM RELAÇÀO À ISSO. TALVEZ, COMO EM DETERMINADOS ORGÃOS DE OUTRAS ESPÉCIES, ESSE SEJA UM ORGãO DE COMUNICAÇÃO QUE NÃO FUNCIONOU NA EVOLUÇãO DESTA ESPÉCIE E POR ISSO MESMO, ELES ESTEJAM ATROFIADOS. SE ASSIM O FOR, AS OUTRAS DUAS ESPÉCIMES SERIAM SUPERIORES, POIS SEUS ANTIGOS ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO JÁ SE INTERNALIZARAM, ENQUANTO QUE O DO Nº 3 AINDA ESTÁ A CAMINHO DISSO.
CABE SALIENTAR TAMBÉM A não existência de protuberância peitorais NO ESPÉCIME Nº 3. embora possua os mesmos pontos sensíveis a estímulo tátil (como verificado nos dois anteriores), a região é quase plana. QUAL SERIA A FUNÇÃO DESSA DIFERENÇA? DE ACORDO COM A LÓGICA DE SUA ANATOMIA, SE A TEORIA DE FUSÃO ESTIVER CORRETA, O ESPÉCIME Nº 3 DEVERIA POSSUIR CAVIDADES PEITORAIS PARA ACOMODAR AS PROTUBERÂNCIAS DOS OUTROS DOIS E, NO ENTANTO, ELE É PLANO. VOLTAREMOS A ESSA QUESTÃO MAIS TARDE...

NO QUE SE REFERE A SUA CARTILAGEM, É HOMOGÊNEA POR TODA A EXTENSÃO DO CORPO E COMO NOS DOIS ANTERIORES, PARECE SER EXTREMAMENTE FLEXÍVEL, EMBORA NEM UM POUCO RESISTENTE. AO PRIMEIRO CONTATO COM NOSSOS EQUIPAMENTOS DE ANALÍSE, ELA ROMPE-SE, LIBERANDO FLUIDOS VITAIS ININTERRUPTAMENTE. PRECISAMOS TER CUIDADO COM O Nº 3, POR ISSO DESTA VEZ O PROCEDIMENTO SE DARÁ NO TOPO DA EXTREMIDADE SUPERIOR, ONDE A RESISTÊNCIA CARTILAGINOSA PARECE MAIOR...

RELATÓRIO ANATÔMICO COMPARATIVO FISIOLÓGICO INTERNO - ANOTAÇÕES FINAIS:

O ESPÉCIME, COMO OS ANTERIORES, DEBATEU-SE E EMITIU ONDAS SONORAS ESTRIDENTES E EXTREMAMENTE INCÔMODAS AO SER LEVADO PARA O EXAME INTERNO. INFELIZMENTE, UM NOVO ERRO DE CÁLCULO CANCELOU O ESPÉCIME Nº 3. O TOPO DE SUA EXTREMIDADE SUPERIOR NÃO ERA TÃO RESsIsTENTE QUANTO DEDUZIMOS E APÓS A PRIMEIRA CAMADA QUEBRAR-SE, UMA GRANDE QUANTIDADE DE FLUÍDO VITAL ESGUICHOU JUNTAMENTE COM PORÇÕES DE CARNE MACIA.

O TESTE PALATIVO REVELOU MAIS TARDE QUE A CARNE SÁIDA DO TOPO DA EXTREMIDADE SUPERIOR É EXTREMAMENTE SABOROSA. prevejo a implantação de um novo mercado alimentício inesgotável para os próximos anos, pois que há bilhões de espécimes para serem comercializados.

ASSIM RELATOU Pesquisador PSICObioeconomista ATREX classe 23.

4 comentários:

Princesa disse...

Caraaambaaaa que horroooooor! torturaaaram o homem ( se beem que eles merecem, maiis nem tantoo )e aiinda poor cimaa quer coomer os seres humanooos :O

Isis Cardoso disse...

Nossa, fascinante. Me parece um daqueles estudos fisiológicos feitos com animais antigamente, embora os mais fracos levem em conta a covardia de torturar um humano. Mas não seria diferente se pesquisássemos espécies extraterrestres.

Juh soy... disse...

Espero que não existão ets assim, cruz credo....

Marília Rocha disse...

MEDO MEDO o.O'
É muita criatividade pra um homem só, meu Deus! HUSDHSUAHDUSAHDSAS'