quinta-feira, 11 de março de 2010

GÊNESE PAGÃ – Crítica

A autora

Simone Marques, pedagoga de formação e escritora. Nasceu no ano em que Woodstock mexeu com o mundo. Desde pequena seu desejo era ser professora. Fez magistério em escola pública, pedagogia na PUC de São Paulo e Mestrado em educação na Universidade Federal do Paraná. Trabalha desde os 16 anos com educação.
Atualmente mora em Recife e de sua janela pode ver o mar, de onde tira sua inspiração.Escreveu seis livros e vários contos, que estão disponíveis em seu site.

Sinopse

A história se passa no século XVII, em Portugal. Gleide e Adele, mãe e filha, enfrentam a perseguição da Igreja contra hereges pagãos. Em sua fuga são ajudadas por Diogo, um jovem nobre cristão e que se vê apaixonada pela bela Adele. Juntos, têm que lutar pela liberdade e pela vida, além de cumprirem a missão que lhes foi dada pela Deusa.

O Livro

Confesso que não esperava muito desse livro quando o recebi, pois havia lido um ou dois capítulos na internet que não me empolgaram muito, o que mais uma vez reforça que ler livro pingado na internet não funciona pra mim.

Mas aí a Simone teve pena de mim e me enviou o livro dela pelo correio e consegui lê-lo direito.

E foi com surpresa que descobri que o livro é bom, divertido e bem escrito.
Com uma narrativa ágil, ela prende a atenção dos leitores com personagens interessantes, simpáticos, cruéis e ambíguos, em especial Gleide, a líder da aldeia e mãe de Adele. Sua personalidade forte e atitudes extravagantes a fazem o melhor personagem do livro.

Sobre a história em si, achei um pouco forçado alguns nomes ingleses atribuídos a portugueses do século XVII, assim como a sobrevivência de comunidades pagãs na Portugal da época.

Em países mais remotos, menos católicos ou no início do Cristianismo, acho que seria mais crível a trama toda, porque se fosse pela inquisição, essa poderia ser substituída pela intolerância cristã, já que o cristianismo nascente matou milhares em nome de Cristo em seus primórdios.

Mas isso, de forma alguma, desmerece o entretenimento da narrativa e o prazer da leitura. Eu me diverti lendo-o e pretendo ler os próximos.

Sim, GÊNESE PAGÃ é uma saga, como é moda hoje em dia, e outros livros já foram e serão publicados, como podem verificar no site da autora.
E eu acredito, que com o talento de contar história que a Simone demonstrou nesse primeiro livro, os outros devem vir melhores ainda.


Trecho

Dom Couto se virou para mulher e fez a pergunta secamente.

- És cristã? – ele a encarava.

- Eu... não sei, senhor... – a mulher se retraiu. Dom Couto riu alto e o som de seu riso ecoou pela câmara.

- Estás vendo? És uma pagã! Uma adoradora do demônio! – ele falou e deu as costas para a mulher, que com certeza não sabia a resposta que deveria dar. – Padre! – ele se voltou novamente ao sacerdote. – Tire essa daqui e dê uma túnica seca, quando ela estiver melhor leve-a para falar comigo. – Ele olhou para a jovem jogada no chão, o vestido molhado e rasgado dela deixava à mostra um dos pequenos seios, que denunciavam que ela não deveria ter mais de 14 anos...

O padre, então pediu a um dos guardas que o ajudasse a levar a jovem para a casa de uma beata e, com extrema facilidade, o homem ergueu a jovem miúda do chão e a levou para fora da câmara...


Quer ler on-line? Conheça o site!

Simone Marques.


Quer comprar?

Novo.

Usado.


ENQUANTO ISSO...

A triste e trágica história do cara mais gato do mundo lá no site da CAPRICHO.

E como sempre, mais um post cheio de bobagens no blog da CAPRICHO.


120.000 VISITAS!

Nossa, haja café pra toda essa gente!

700 SEGUIDORES!

Se meus 700 seguidores se dessem as mãos, daria para dar a volta completa no planeta Gajko, que é bem pequeno...

7 comentários:

Juh soy... disse...

Vou ver se consigo comprar esse livro tbm, a minha lista não esta nada pequena...
E, Jerry e suas piadinhas, impossível não adorá-lo!

Lorrane Fattobene disse...

Há tantos livros que gostaria de ler, mas estou sem tempo por causa dos estudos. Mesmo assim vou incluir este na lista. Se você diz que é bom, eu acredito ^^

:*

Kitty disse...

Opa! Já favoritei o site dela...assim que conseguir um tempinho vou dar uma espiada no livro...gostei do trecho que li!
Ah, acho que por abril vou a Porto...quem sabe a gente marca de ir tomar um café por aí?
Beijo!
K.

Anônimo disse...

booth prior hat this without payment or answerability [url=http://www.casinoapart.com]casino[/url] counting up at the prime [url=http://www.casinoapart.com]online casino[/url] signal with 10's of all the effect on [url=http://www.casinoapart.com]online casinos[/url]. surroundings [url=http://www.casinoapart.com/articles/play-roulette.html]roulette[/url], [url=http://www.casinoapart.com/articles/play-slots.html]slots[/url] and [url=http://www.casinoapart.com/articles/play-baccarat.html]baccarat[/url] at this [url=http://www.casinoapart.com/articles/no-deposit-casinos.html]no retract casino[/url] , www.casinoapart.com
the finest [url=http://de.casinoapart.com]casino[/url] to UK, german and all on apex of the world. so in behalf of the insigne [url=http://es.casinoapart.com]casino en linea[/url] slow us now.

Camilla Martins disse...

JERRI QUE SAUDADES DAQUI! HÁ QUANTO TEMPO, HAHA! Nossa, o livro REALMENTE parece ser muito bom, e olha que eu não gosto muito de ler livros, hehe. Ai ai Jerri, você sempre hilário! Me racho de rir com sua coluna para a CAPRICHO! KKKKKK Beijos!

Marcella Leal. disse...

Minha lista de livros tá tão cara já, mas um dia leio todos!


Beeijos e feliz aniversário atrasado Jerri, no dia certo eu tava tão ocupada com escola! =/

Mas, enfim... é normal né!

Déborah Kerley disse...

Jeeeeeeerri, que saudade.
Nem sei se você AINDA, lembra de mim, rsrsrs, estive sem tempo, mas agora acredito que conseguirei estar de volta ao blog \õ/
Bora marcar de ir ao Gajko para ver se nós, seu seguidores conseguimos esse feito de dar a volta nele =P
O tema pagão do livro de Simone Marques me fez lembrar do filme 'A Missão', o pior é pensar como as pessoas sofreram e sofrem por causa de imposições religiosas..OO'
=*