terça-feira, 16 de março de 2010

GLAUCO - Entrevista




Nessa entrevista em 4 partes , Glauco Villas-Boas (1957 + 2010) fala de sua trajetória como quadrinista e cartunista.

Conheci Glauco lendo a revista Chiclete com Banana, em meados dos anos 80, entre meus 18 e 21 anos, uma boa fase pra gostar de seus quadrinhos anárquicos e debochados e seu traço limpo e quase infantil, que ajudava a acentuar o tom grotesco e engraçado de suas piadas.

Infelizmente Glauco foi mais uma vítima da violência sem sentido do mundo dos homens, quando na última sexta-feira (dia 12/03) ele e seu filho Raoni, de 25 anos, foram assassinados por um imbecil viciado que se dizia Jesus Cristo.

O assassino, felizmente, foi capturado nesta segunda (15/03) tentando escapar para o Paraguai, o que comprova que não era tão louco assim e espero que a defesa não consiga com que seja julgado como tal.

Pra saber mais sobre a morte de Glauco, clique aqui.

Uma tirinha de GERALDÃO, seu personagem mais famoso.

E se existe um outro lado, Glauco provavelmente não vai poupá-lo de seu humor irreverente.

OS TRÊS AMIGOS, Angeli, Laerte e Glauco. A última homenagem.

6 comentários:

Natália disse...

Pode até parecer meio idiota ou sei lá o que, mas creio que quando as pessoas morrem é porquê suas missões já chegaram ao fim. Beijos

Mandinha / bloog. disse...

mas vida dele foi interrompida e não foi por motivo de doença Natalia.

LADY DARK ANGEL disse...

EU TENHO UM IRMÃO Q SE CHAMA RAONI,ACHO Q QUANDO UMA PESSOA COM O MESMO NOME DE UM ENTE QUERIDO SEU MORRE,TE PESA UM POUCO MAIS,SEI LÁ,EU TENTO ME PREPARAR PARA AS MORTES,POIS ELAS VÃO ACONTECER.ACHO Q A ´´UNICA CERTEZA QUE TEMOS E QUE QUASE NÃO FALAMOS.ACHEI MUITO ERRADO ASSIM COMO ACHO ERRADO O MODO Q AS PESSOAS SAO VITIMAS DA VIOLÊNCIA

Déborah Kerley disse...

Horrivel, não só pelo caso do Glauco, mas de todas as pessoas que não PODEM morrer de causas naturais, pois outras pessoas acham que tem o direito de tirar suas vidas, seja pelo motivo que for, infame o rapaz usar o nome de Jesus como se o propio se permitisse matar já que teologicamente Jesus é o salvador, isso chegaria a ser ironico, se não fosse tão tragico.

Bem, fora isso, eu lembro de ler os quadrinhos dele, nos livros de português e redação do meu pai, e foram os quadrinhos que me despertaram o gosto para ler, que levo até hoje, por vezes eu não entendia o conteúdo dos 'balõezinhos' mas ficava fascinada com os desenhos, Jerri, eu acredito no outro lado, e por isso posso ficar feliz em pensar que o Glauco e o Raoni estão se divertindo com tudo oque eles gostam, e sem os perigos que nós rondam desse lado, os daquele devem ser mais felizes..
=*

Juliana Pires disse...

Excelente as tiras do Glauco, pena que ele se foi de uma maneira tão brutal, o trabalho dele fará muita falta.

Beijos!!!

Lary Bataglia disse...

Nossa,minha mãe me contoou q quando ela era "bicho grilo" o Glauco foi em uma festa de niver dela,e bebeu mto :S