sábado, 10 de maio de 2014

CAPRICHO 1100 - Humor

 
 
Ei, a vida não é feita só de profissões chatas! Conheça aqui como é...

UM DIA DE... HUMORISTA!


Marcella Tekila, 16 anos, acompanhou nosso colunista Jerri Dias e conheceu um pouco do dia-a-dia da “profissão”.

09:05 – Cheguei na redação super-nervosa, atrasada e nada do Jerri. Aí me falaram que ele dorme até o meio-dia. Acho que li umas 8734287894 CAPRICHOs na sala de espera até ele resolver dar o ar da graça. Aff!

13:16 – O Jerri chegou e me apresentaram ele. Fiquei com muito medo que ele me zoasse, mas ele foi super simpático e querido e fomos caminhando até a sala dele, quando então, ele me deu um passa pé e me derrubou por cima da moça do cafézinho. Caiu até café dentro de um PC e um jornalista ficou desesperado porque perdeu todos os arquivos dele! Um King Kong! E o Jerri dava risada...

14:27 – Naquele dia o Jerri tinha que fazer a coluna para a revista e postar no blog dele no site. Eu estava super animada para ver ele inventar piadas e comentar os micos. Ele abriu a caixa de e-mail dele e me mostrou que tinha 12.482 micos para ler e que ele ia me deixar escolher os micos para a revista e o blog. Eu só tinha que selecionar eles entre 1.000 micos, nem precisaria ler todos os 12.482... O Jerri saiu e me deixou na responsa. Me achei, né?!

18:31 – Eu já estava vesga de tanto ler mico quando o Jerri ligou e perguntou se eu já tinha acabado. Eu disse que estava quase no fim e ele me disse que chegaria logo, que o filme estava quase no fim e perguntou se eu queria pipoca ou refri do cinema. Eu disse que sim, não tinha comido nada o dia todo...

19:48 -  Ele finalmente chegou. Devorei a pipoca  e o refri! Aí ele foi pro PC e eu pensei que ele fosse escrever e ele ficou só visitando sites de humor. “Tem que ficar de olho na concorrência”, ele disse.

21:02 – Já fazia 12 horas que eu estava lá e até agora não tinha visto o Jerri fazer nadica de nada. Pelo menos ele chamou uma pizza pra nós. Mas me fez pagar a metade.

22:13 – Eu fui no banheiro e quando voltei o Jerri já tinha escrito a coluna, comentado todos os micos e postado no blog. Não vi ele fazer nada! Bom, pelo menos eu pude ler tudo antes das outras leitoras. Depois dessa experiência eu decidi que quero ser camelô. #Fail

Raio X da profissão

O que faz: piadas! Também zoa com os outros.
Quanto ganha: desde trocados em mesas de bar até surras de quem não entendeu a piada.
Duração do curso: a vida toda.
Você vai adorar se: não quiser fazer nada da vida, gostar de zoar os outros e ficar na internet o dia inteiro.

Jerri Dias é humorista mas queria ser vendedor de cachorro-quente de esquina.
 

Nenhum comentário: