terça-feira, 10 de janeiro de 2012

THE COMEBACK (EUA, 2005) – Série




Chamada para a série.


Com apenas uma temporada de 13 episódios, THE COMEBACK é uma série cruel, mordaz e recheada de humor negro onde o espectador não sabe se ri ou se chora da personagem principal. Lisa Kudrow, a Phoebe de FRIENDS, criadora da série e atriz principal, faz o papel de Valerie Cherish, uma atriz que estreou uma aclamada série cômica nos anos 90, mas que 10 anos depois, casada e semi-aposentada, tenta retornar ao show-business.

A grande sacada da série é que ela pretende ser um reality show do retorno de Valerie Cherish ao mundo das sitcoms e todo episódio inicia com barra de cores e um aviso informando que se trata de material bruto e não editado das câmeras que acompanham Cherish na sua batalha por um lugar debaixo dos holofotes.


 Mickey (Robert Michael Morris) é o fiel escudeiro e cabeleireiro mega-gay de Cherish que insiste em dizer que não é homossexual. Malin Akerman (a Silk Spectre de WATCHMEN) é a jovem e linda estrela da sitcom onde Valerie é contratada para viver uma tia velha e chata, papel que ela insiste pateticamente em modificar.


A questão é que Cherish é uma pessoa insegura de seu talento, fragilizada pela idade, neurótica, infantil e completamente incapaz de lidar com toda a falsidade, inveja e desprezo que rola na cidade das ilusões.

Falando sem parar para a câmera, Cherish tenta, sem sucesso, ostentar uma persona segura de si, magnânima e sábia. Mas o espectador só vê uma figura carente de atenção, com medo nos olhos e à beira de um colapso nervoso. Nesse ponto, Lisa Kudrow se revela uma atriz excepcional e capaz de nuances sutis, o que lhe garantiu uma indicação ao Emmy daquela temporada. 

A equipe do reality show também faz parte da série, já que o programa é feito de “imagens brutas” que serão editadas mais tarde. Assim, podemos acompanhar as intervenções da diretora do reality show, que em geral, demonstra arrependimento, pena e constrangimento por estar ali, 24 horas por dia, gravando as constantes humilhações a que Cherish é submetida para trabalhar em uma nova sitcom.


 Como toda atriz ligada em modinhas e querendo desesperadamente parecer moderna, Cherish finge ser adepta de práticas budistas e de Yoga.

Um retrato nada glamuroso de Hollywood e de como atrizes boas (ou não) que passam dos 40 são descartadas e desprezadas, THE COMEBACK só poderia ser uma corajosa produção da HBO. Infelizmente, o público aparentemente não curtiu muito a originalidade, a crueldade e o deboche da série, que só encontra paralelo mesmo em séries britânicas THE OFFICE, EXTRAS e NIGHTY NIGHTY e a série só teve uma temporada.

Ironicamente, no último capítulo da série, Cherish celebra o fato de que seu reality show irá continuar. Uma pena que não continuou na programação real.

A série foi exibida na HBO nacional, mas você pode encontrá-la nos canais alternativos de sempre.



Cena da série.



Nenhum comentário: