sexta-feira, 20 de abril de 2012

CAMPANHA - Divulgação



Voar sempre foi um dos maiores sonhos da humanidade.
Voar é o exemplo máximo de liberdade que podemos imaginar e vivenciar em nossa vidas.
Quando eu vejo um pássaro voando eu procuro dar atenção a esse fato tão corriqueiro quanto extraordinário.
No entanto, em algum dia do passado distante, alguém rabugento e invejoso deve ter pensado que se ele(a) não podia voar, também não deixaria os pássaros voarem.
E ele(a) pegou um pássaro, o símbolo máximo de liberdade, e o trancou em uma pequena gaiola para todo o sempre.
Outras pessoas rabugentas, invejosas, más ou simplesmente burras viram isso e repetiram o ato.
E hoje, milhões de pássaros que poderiam estar enfeitando nossos céus e mostrando que vale a pena sonhar com a liberdade, estão presos em gaiolas minúsculas, tolhidos do dom último que a natureza levou bilhões de anos para aperfeiçoar em erros e acertos evolucionários, que é a capacidade de voar.
Talvez muitas pessoas que tenham pássaros em gaiolas não sejam tão rabugentas, invejosas ou más assim, mas elas certamente não tem respeito pela natureza e devem ter um conceito bastante distorcido do que significa liberdade.


Nenhum comentário: